Publicado: 21/06/2019 15:33
Última modificação: 21/06/2019 15:40

Programa busca aprimorar gestão dos Regimes Próprios e conferir mais transparência no relacionamento com os segurados e a sociedade

O Programa de Certificação Institucional e Modernização da Gestão dos Regimes Próprios de Previdência Social da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios – Pró-Gestão RPPS já tem o primeiro RPPS certificado, no nível de aderência IV, o mais complexo, em razão do maior grau de exigência das ações no nível alcançado.

 

O Instituto de Previdência do Município de Jundiaí – SP, o IPREJUN, recebeu no dia 09/05/2019, o certificado por ter atingido o nível de aderência IV em todas as 24 (vinte e quatro) ações do programa, distribuídas nas suas três dimensões: controles internos, governança corporativa e educação previdenciária.

A certificação aconteceu após realização de auditoria pelo Instituto Totum, que é uma das entidades credenciadas pelo Pró-Gestão RPPS para certificar os RPPS que adotaram o sistema de gestão definido no programa.

O IPREJUN aderiu ao Pró-Gestão RPPS em 21 de março de 2018 e obteve a certificação no nível IV de aderência. Até o dia 21 de junho de 2019, 169 entes federativos já haviam ingressado no programa, dos quais, 30 já foram certificados. Acesse a relação completa dos entes que já realizaram a adesão  e aqueles certificados. 

O Pró-Gestão RPPS foi criado para incentivar os RPPS a adotarem melhores práticas de gestão previdenciária, de forma a proporcionar maior controle dos seus ativos e passivos e a conferir mais transparência no relacionamento com os segurados e a sociedade.

 

Voltar para o topo