SP: Informações sobre a Previdência podem ser obtidas por meio de canais remotos

Publicado: 18/08/2016 15:28
Última modificação: 18/08/2016 15:28

Telefone 135 e página na internet esclarecem dúvidas e dão orientações

De São Paulo (SP) – O trabalhador que busca informações sobre a Previdência Social não precisa se deslocar até uma agência para ser atendido. O telefone 135 e o site www.previdencia.gov.br podem dar orientações e esclarecer dúvidas sobre os benefícios previdenciários – como aposentadorias, auxílios e pensões – e outros serviços. Além disso, por meio desses canais, é possível agendar perícia médica, protocolo de benefícios, recurso e revisão.

Por isso, antes de ir a uma agência, o interessado deve primeiro ligar para o telefone 135. Isso permite que o trabalhador compareça a uma unidade de atendimento com o serviço já  agendado e sabendo quais documentos levar. O cidadão que optar por se dirigir diretamente a uma agência terá de aguardar para ser atendido.

Em São José do Rio Preto, duas unidades do INSS prestam atendimento à população. Em geral, a agência Boa Vista, localizada na Av. Bady Bassitt, 3.268, é menos procurada e o atendimento costuma ser mais rápido. Já a outra unidade, localizada na Rua Del. Pinto de Toledo, 780, geralmente está mais cheia e o atendimento demora um pouco mais. As duas agências funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h.

Já o telefone 135 funciona de segunda a sábado, das 7h às 22h. A ligação é gratuita, quando feita de telefone fixo, e tem o preço de uma ligação local, quando feita de celular.

Informações para a Imprensa

ACS/SP

SP: INSS procura imóvel para locação na Zona Leste da capital

Publicado: 16/08/2016 16:16
Última modificação: 16/08/2016 16:16

Proprietários têm até 1º de setembro para entregar propostas

De São Paulo (SP): O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está à procura de imóvel em São Miguel Paulista, para mudança de endereço de sua unidade de atendimento no bairro, que fica na Zona Leste da capital paulista. A locação será feita pelo prazo de 60 meses, prorrogáveis por igual período.

Os proprietários interessados podem entregar proposta até as 16h do dia 1º de setembro, na Gerência Executiva São Paulo – Leste, na Rua Euclides Pacheco, 463, 3º andar, Tatuapé. No local também é possível verificar o modelo de contrato, obter mais informações e esclarecer eventuais dúvidas.

Características do imóvel – O INSS necessita de um imóvel que tenha área útil entre 900 e 1.000 m2, distribuídos em piso térreo, com garagem e/ou estacionamento, e que seja de fácil acesso por transporte público, além de estar próximo à rede bancária e comercial. Entre outros critérios, a edificação deve ser adequada às normas de acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida, possuir todas as instalações em perfeitas condições de uso, preferencialmente com redes lógica, telefônica e elétrica compatíveis com a ocupação, ar-condicionado e pontos para instalação de rede de água e esgoto.

As propostas devem conter, além do prazo de validade de no mínimo 60 dias, os seguintes dados: localização, descrição minuciosa do imóvel, da área física e das instalações existentes e o valor da locação mensal. Devem ser anexados croqui ou planta baixa do imóvel e cópias da escritura e do certificado atualizado do Registro Geral de Imóveis, além de informações sobre a existência de equipamentos de prevenção contra incêndio.

Escolha da proposta – O INSS reserva-se o direito de desconsiderar propostas que não atendam às exigências e de optar pelo imóvel que melhor atender às suas necessidades. O proponente cujo imóvel seja escolhido deverá apresentar RG, CPF e comprovante de residência, no caso de pessoa física, ou CNPJ e contrato social, no caso de empresa, e declaração de inexistência de débitos relativos ao imóvel.

Informações para a imprensa:

Priscila Bernardes

(11) 3544-3566

ACS/SP

GESTÃO: Ministro da Transparência recebe presidente do INSS para fortalecer parceria entre os órgãos

Publicado: 09/08/2016 19:08
Última modificação: 09/08/2016 19:08

Titulares discutiram estreitar os laços de atuação no combate à corrupção para identificar possíveis irregularidades e aprimorar a gestão

Foto-INSS-1

O secretário-executivo do MTFC, Wagner Rosário, o ministro do MTFC, Torquato Jardim, o presidente do INSS, Leonardo Gadelha, e a auditora-geral do INSS, Sueli Romero. FOTO: ASCOM/MTFC

O ministro da Transparência, Fiscalização e Controle (MTFC), Torquato Jardim, recebeu nesta terça-feira (9), o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Leonardo Gadelha, para tratar da atuação dos órgãos e estreitar a parceria anticorrupção, no sentido de identificar possíveis irregularidades e aprimorar a gestão.

Na ocasião, o ministro reforçou que considera importante a parceria estabelecida entre os órgãos e que dará continuidade ao processo. “Esta Casa está aberta para o INSS e o Ministério se dispõe a colaborar nas ações do Instituto, com atuações de fiscalização e controle, principalmente em função da capilaridade do INSS nos municípios, que também é uma preocupação deste Ministério”, afirmou Jardim. O MTFC realiza, por exemplo, monitoramento contínuo sobre aposentadorias e demais benefícios concedidos pelo INSS.

O presidente do INSS, Leonardo Gadelha, ressaltou que o MTFC tem sido um parceiro histórico, uma vez que aponta possíveis correções para que o Instituto possa aprimorar os fluxos de trabalho e dar respostas mais ágeis para a sociedade. “O INSS tem avançado muito ao longo dos últimos anos e eu reputo em parte isso à parceria com o Ministério. E nós queremos estreitar esses laços, para que possamos continuar identificando gargalos e possibilidades de aprimoramento”, defendeu Gadelha.

(Com informações da Assessoria de Comunicação do MTFC)

Informações para a imprensa

Melissa Miotto

(61) 3313-4800 / 4815

imprensa@inss.gov.br

Ascom/INSS

PR: Serviço Social do INSS realiza projeto para esclarecer dúvidas dos cidadãos

Publicado: 08/08/2016 18:35
Última modificação: 08/08/2016 18:36

Primeiros encontros estão previstos para ocorrer nos dias 18 e 25 de agosto e vão tratar dos temas pensão por morte e salário-maternidade

De Curitiba (PR) – O INSS em Curitiba (PR) realiza projeto-piloto para atender aos cidadãos e esclarecer  dúvidas como, por exemplo,  a documentação necessária e os critérios para acessar os benefícios previdenciários. O projeto prevê a realização de reuniões semanais, com a duração aproximada de uma hora, coordenadas pelo Serviço Social do instituto, com a exposição e debate de temas específicos.

Os primeiros encontros, que são gratuitos e abertos, serão realizados nos dias 18 e 25 de agosto, na agência do INSS localizada na Travessa da Lapa, nº 200, centro, Curitiba, para tratar dos temas pensão por morte e salário-maternidade.

O objetivo do projeto é facilitar a vida cidadão que necessita dos serviços do INSS. Quando um cidadão, por exemplo, não tem tempo de contribuição suficiente para a Previdência Social, ou não apresenta todos os documentos necessários para requerer o seu benefício já no primeiro atendimento no INSS, poderá se deparar com algumas dificuldades. Além de enfrentar uma demora maior na análise e concessão do seu pedido, também poderá ter o seu benefício negado. Situações como essas podem ser evitadas, levando-se mais informações sobre os benefícios previdenciários para os trabalhadores e segurados.

O projeto pretende orientar os cidadãos de forma fácil e simples, por meio de uma roda de conversa ou um tira dúvidas. Após a avaliação dos resultados dos primeiros encontros, serão definidas novas datas e temas para as próximas reuniões.

 

Informações para a imprensa:

(41) 3616-9304

Ascom INSS/PR

BENEFÍCIOS: Portaria regulamenta convocação para revisão de benefícios por incapacidade

Publicado: 05/08/2016 11:02
Última modificação: 28/03/2017 12:50

Aposentados por invalidez que tenham completado 60 anos não serão chamados

Da Redação (Brasília) – Os segurados da Previdência Social que recebem auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez há mais de dois anos poderão ser convocados para uma revisão de seus benefícios pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A portaria interministerial nº 127, publicada nesta sexta-feira, regulamenta os critérios para a chamada. Os aposentados por invalidez que já tenham completado 60 anos de idade não passarão pelo processo.

De acordo com a normativa, o agendamento e a convocação para a revisão de auxílio-doença devem seguir os seguintes critérios:

  • benefícios concedidos sem a determinação da data de encerramento ou sem data de comprovação da incapacidade;
  • tempo de manutenção do benefício, do maior para o menor. Ou seja, serão chamados primeiramente aqueles que recebem o auxílio há mais tempo;
  • idade do segurado, da menor para a maior. Assim, os mais jovens deverão ser agendados e convocados primeiro.

Já no caso das aposentadorias por invalidez, a ordem de prioridade seguirá os parâmetros abaixo:

  • idade do segurado, da menor para a maior. Os mais jovens convocados antes;
  • tempo de manutenção do benefício, do maior para o menor. Aposentados que recebem benefício há mais tempo serão convocados antes dos demais.

A portaria estabelece, também, que o agendamento e a convocação dos segurados que recebem auxílio-doença terão prioridade sobre o agendamento e a convocação daqueles que recebem aposentadoria por invalidez.

Perícias – As Agências da Previdência Social (APS) poderão agendar até quatro perícias por dia para cada médico, em dias úteis de trabalho. Os atendimentos deverão ser agendados para a primeira hora de trabalho do médico.

Nos dias não úteis – finais de semana ou feriados, as perícias poderão ser realizadas em regime de mutirão, com limite de 20 perícias por dia, por perito médico.

Os peritos do INSS não são obrigados a participar do processo de revisão previsto pela Medida Provisória nº 739. Eles poderão aderir voluntariamente e receberão um bônus temporário por cada perícia extra efetivamente realizada. As consultas referentes à revisão serão feitas além daquelas ordinariamente já realizadas pelos médicos peritos.

Ainda de acordo com a portaria, o agendamento e o atendimento referentes ao processo de revisão devem ocorrer observando a viabilidade técnico-operacional de cada agência para que não haja prejuízo das atividades de cada unidade do INSS. (Renata Brumano e Ligia Borges)

 

Perguntas e respostas

 

Informações para a imprensa

(61) 2021-5009 / 5109

ascom.mps@previdencia.gov.br

Secretaria de Previdência

PR: Duas Agências do INSS fecham em feriados municipais no estado

Publicado: 03/08/2016 17:36
Última modificação: 03/08/2016 17:44

A unidade de Paiçandu não abre nesta quinta-feira (4) e a APS Goierê na segunda-feira (8)

De Curitiba (PR) – Duas agências da Previdência Social (APS) no Paraná acompanham feriados municipais. A APS Paiçandu fecha na quinta-feira (4), devido às homenagens ao padroeiro da cidade, São João Batista Maria Vianney, o Santo Cura d’Ars.

Na segunda-feira (8), a unidade de Goioerê não atenderá ao público. Neste dia é celebrado o aniversário de 61 anos de emancipação política do município. Esse feriado normalmente é festejado em 10 de agosto, mas este ano foi antecipado.

O segurado tem a opção de recorrer aos canais remotos da Previdência Social pela Central 135 e pelo www.previdencia.gov.br para realizar agendamentos e obter informações.

A Central 135 funciona de segunda a sábado, das 7h às 22h. As chamadas feitas de telefone fixo são gratuitas e as realizadas por meio de celular  custam o valor de uma ligação local.

Informações para a imprensa:

(41) 3616-9304

Ascom INSS/PR

 

 

 

 

eSOCIAL: Empregadores no município do Rio de Janeiro devem antecipar o pagamento da guia de julho para esta quarta (3)

Publicado: 03/08/2016 15:39
Última modificação: 03/08/2016 15:53

Medida é necessária já que não haverá expediente bancário, no município, nesta quinta (4) e sexta (5) devido às Olimpíadas

Da Redação (Brasília) – Os empregadores domésticos residentes no município do Rio de Janeiro devem realizar o pagamento do Documento de Arrecadação do eSocial (DAE) até esta quarta-feira (3). A antecipação do prazo ocorreu em virtude da publicação do decreto municipal que determinou feriado nesta quinta (4) e sexta-feira (5) na capital fluminense em razão dos Jogos Olímpicos.

Os empregadores precisam ficar atentos porque, após esta quarta-feira (3), o documento passa a ser emitido com multa.

eSocial – Para fazer o recolhimento dos encargos sob sua responsabilidade, o empregador precisa fazer seu cadastro no eSocial, e em seguida registrar também os dados do empregado. Somente após o cadastro, é possível fazer a emissão da guia única de pagamento. O cadastro é realizado apenas uma vez pelo empregador. Nos meses seguintes, como os dados já estão inseridos no sistema, a guia já pode ser emitida diretamente. O DAE possui código de barras e o pagamento pode ser realizado em qualquer agência ou canais eletrônicos disponíveis pela rede bancária.

Informações para a imprensa

(61) 2021-5009 e 2021-5109

ascom.mps@previdencia.gov.br

Secretaria da Previdência

 

SP: INSS Bauru reabilita 53 trabalhadores

Publicado: 01/08/2016 18:41
Última modificação: 03/08/2016 17:37

Instituto também fez parcerias para qualificar trabalhadores em novas funções

De São Paulo (SP) – Cinquenta e três trabalhadores vão participar de cursos de reabilitação profissional, organizados pelo INSS de Bauru (SP). Eles são moradores das cidades de Avaré, Agudos, Bauru, Igaraçu do Tietê, Jaú, Lençóis Paulista, Piratininga e Pratânia.

Os cursos são de vigilante, farmácia, enfermagem, zeladoria e portaria, assistente administrativo, confeiteiro, padeiro, eletricista, mecânico, montagem de computadores, programador de produção, soldador, torneiro mecânico e cabeleireiro. A reabilitação é voltada aos empregados que sofreram acidentes de trabalho e precisam voltar à atividade profissional. 

Parcerias – O INSS também fez parceria com a empresa Tauste Supermercados para que os reabilitandos que não poderão exercer a mesma função sejam treinados em novas profissões, como operador de caixa, empacotador e auxiliar de limpeza. O treinamento dura até três meses e o supermercado pode contratar esses trabalhadores.

O Instituto já tem parceria com o mesmo supermercado na região de Marília. Essas parcerias fazem parte de um acordo de cooperação técnica entre o INSS e a Associação Paulista de Supermercados (Apas), firmado em outubro do ano passado. O acordo permite que os supermercados associados à Apas no Estado de São Paulo ofereçam vagas para treinamento de pessoas que passam por reabilitação profissional.

Legislação – A Lei 8.213/91 determina que as empresas privadas tenham um porcentual mínimo de vagas para pessoas com deficiência e reabilitados do INSS, de acordo com o número de funcionários existentes. A reserva é de 2% das vagas para as empresas que tenham entre 100 e 200 empregados; 3% para 201 a 500 funcionários; 4% quando for de 501 a mil trabalhadores; e 5% para as empresas com mais de 1001 funcionários.

Informações para a imprensa:

Priscila Bernardes

(11) 3544-3566

Ascom INSS/SP

INSTITUCIONAL: INSS e IBGE discutem convênio para compartilhamento de dados

Publicado: 26/07/2016 19:30
Última modificação: 27/07/2016 19:19

Parceria inédita permite conhecer melhor o perfil do cidadão que recebe benefício da Previdência

inss-ibge

Ppresidente do INSS, Leonardo de Melo Gadelha, e o presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Paulo Rabello de Castro se reúnem em Brasília para discutir convênio para compartilhamento de dados. Foto: Ascom/INSS

Da Redação (Brasília) – O estabelecimento de convênio entre o IBGE e o INSS para possibilitar o compartilhamento de dados foi discutido em reunião entre o presidente do INSS, Leonardo de Melo Gadelha, e o presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Paulo Rabello de Castro, nesta terça-feira (26).

O convênio, que atende determinações do Decreto nº 8.777, de 11 de maio de 2016, que trata da política de dados abertos no Executivo, seria o primeiro passo de uma cooperação entre os institutos.

“A ideia é que as estatísticas do IBGE, a partir do cruzamento desses bancos e do refinamento dos dados, possam nos ajudar a conhecer o cidadão que recebe benefício da Previdência. Conhecendo melhor esse segurado, teremos condições de identificar prematuramente algumas situações e qualificar o seu atendimento”, disse Gadelha.

O presidente do IBGE ressaltou que o próximo passo para esse aprimoramento será o teste de novas plataformas de comunicação com o público em geral e também com o governo. “Queremos que o IBGE, que é um órgão técnico, seja cada vez mais um produtor de informação real, significativa e tratada, compreensível e útil para todos”, afirmou Castro.

A aproximação dos dois institutos se dá devido à capilaridade, relevância e proximidade de ambas as instituições com a sociedade. “São quase 500 agências locais, que capturam informação dos mais de 5 mil municípios brasileiros. Estamos, assim como o INSS, há décadas, prestando serviços para o povo”, destacou Castro.

Nos próximos dias, INSS e IBGE formalizarão um grupo de trabalho que terá a missão de viabilizar o compartilhamento de dados entre os institutos. “Além de tomar a dianteira no cumprimento do disposto no Decreto dos dados abertos, essa nossa experiência também servirá de parâmetro para outros órgãos que desejarem trocar informações no futuro”, disse Castro.

Informações para a imprensa

Melissa Miotto

(61) 3313-4800 / 4815

imprensa@inss.gov.br

Ascom/INSS

 

 

BENEFÍCIOS: Pagamento do 13º representa investimento de R$ 18 bi na economia do país

Publicado: 26/07/2016 17:32
Última modificação: 26/07/2016 19:31

Acesse a tabela e confira o total de recursos nos estados

Da Redação (Brasília) – Mais de 29 milhões de benefícios da Previdência Social virão acompanhados com pagamento do adiantamento do abono anual, conhecido como 13º, o que representa uma injeção extra de R$ 18 bilhões na economia do país. Veja tabela com o total de recursos nos estados.

Por lei, tem direito ao 13º quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário como aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade. No caso de auxílio-doença e salário-maternidade, o valor do abono anual será proporcional ao período recebido.

Aqueles que recebem benefícios assistenciais (Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social – BPC/LOAS e Renda Mensal Vitalícia – RMV) não têm direito ao Abono Anual.

A segunda parte do abono será creditada na folha de novembro e o desconto do Imposto de Renda, se for o caso, incidirá somente sobre a segunda parcela da gratificação.

O decreto que autorizou a antecipação do pagamento da primeira parcela da gratificação natalina foi publicado no Diário Oficial da União (DOU), desta segunda-feira (25).

Informações para a imprensa

Ligia Borges

(61) 2021-5009 e 2021-5109

ascom.mps@previdencia.gov.br

Secretaria da Previdência

BENEFÍCIOS: Primeira parcela do 13º será depositada a partir do dia 25 de agosto

Publicado: 25/07/2016 16:10
Última modificação: 26/07/2016 17:53

Decreto que garante a antecipação da gratificação para aposentados e pensionistas foi publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (25)

Da Redação (Brasília) – A primeira parte da gratificação natalina, conhecida como 13º, será depositada juntamente com a folha dos benefícios  do mês de agosto. O pagamento da parcela do abono anual representa uma injeção extra de, aproximadamente, R$ 18,2 bilhões na economia. Mais de 29 milhões de benefícios serão acompanhados pelo adiantamento da gratificação.

Os depósitos da folha de agosto começam no dia 25 de agosto para os segurados que recebem até um salário mínimo. Aqueles  que recebem acima do salário mínimo terão seus benefícios creditados a partir do dia 1º de setembro. O calendário segue até o dia 8 de setembro.

O decreto que autoriza a antecipação do pagamento da primeira parcela da gratificação natalina foi publicado no Diário Oficial da União (DOU),desta segunda-feira (25).

De acordo com a lei, tem direito ao 13º quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário como aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade. No caso de auxílio-doença e salário-maternidade, o valor do abono anual será proporcional ao período recebido.

Aqueles que recebem benefícios assistenciais (Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social – BPC/LOAS e Renda Mensal Vitalícia – RMV) não têm direito ao Abono Anual.

A segunda parte do abono será creditada na folha de novembro e o desconto do Imposto de Renda, se for o caso, incidirá somente sobre a segunda parcela da gratificação.

Informações para a imprensa

(61) 2021-5009 e 2021-5109

ascom.mps@previdencia.gov.br

Secretaria da Previdência

 

COMBATE ÀS FRAUDES: Operação combate fraude no seguro defeso do pescador artesanal em Macapá

Publicado: 14/07/2016 14:41
Última modificação: 14/07/2016 15:08

Usando informações falsas, pessoas que não eram pescadores recebiam o benefício

Da Redação (Brasília ) – A obtenção indevida do seguro desemprego do pescador artesanal, conhecido como seguro defeso, foi o alvo de operação da Força-Tarefa Previdenciária, na manhã desta quinta-feira (14), em Macapá (AP). Pessoas já investigadas e indiciadas receberam o benefício a partir de declarações falsas do presidente de uma colônia de pescadores, com mais de 1,2 mil associados, que foi afastado de suas funções pelo prazo inicial de 60 dias, por determinação da 4ª Vara Federal Criminal da Justiça Federal do Amapá.

O seguro é concedido ao pescador artesanal durante o “defeso”, período de paralisação da pesca para preservação das espécies. O valor corresponde a um salário mínimo mensal durante a temporada de suspensão. Para ter direito ao benefício, é necessário ter o cadastro ativo no Registro Geral da Atividade Pesqueira (RGP) há pelo menos um ano, não receber outros benefícios previdenciários e nem possuir outras fontes de renda ou vínculos empregatícios.

Contudo, durante as investigações, constatou-se que diversas pessoas que nunca foram pescadores utilizavam o RGP cadastrado em nomes de terceiros para obterem o seguro defeso. Na operação, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão e um de condução coercitiva. O prejuízo apurado até o momento totaliza R$ 267 mil, em 32 processos analisados pela Assessoria de Pesquisa Estratégica e de Gerenciamento de Riscos (APEGR) da Previdência.

Investigação – A Força-Tarefa Previdenciária – composta, além da Previdência, pela Polícia Federal e Ministério Público Federal – segue apurando a fraude na capital do Amapá e os investigados poderão responder pelos crimes de estelionato qualificado contra a Previdência Social, falsidade material, falsidade ideológica e uso de documento falso. As penas, somadas, podem ultrapassar dez anos de prisão.

A operação foi batizada de “Caboclo D’Água” em alusão à lenda de mesmo nome que trata de um ser sobrenatural, de aparência monstruosa, conhecido por atormentar pescadores e barqueiros que cruzam o seu caminho.

 

Assessoria de Imprensa

(61) 2021-5009 e 2021-5109
ascom.mps@previdencia.gov.br
Secretaria da Previdência

 

BENEFÍCIOS: Medida provisória que prevê revisão de benefícios por incapacidade é publicada

Publicado: 08/07/2016 17:57
Última modificação: 09/08/2016 17:35

Veja abaixo os principais pontos da norma. Critérios da convocação ainda serão definidos

Da Redação (Brasília ) – A Medida Provisória nº 739 que prevê a revisão de auxílios-doença e aposentadorias por invalidez concedidos há mais de dois anos foi publicada no Diário Oficial da União, nesta sexta-feira (8). Os segurados que estão nessa condição não precisam procurar as agências do INSS ou a Central 135, pois receberão comunicado oficial do instituto se houver necessidade de convocá-los para a realização de perícia médica.

O secretário de Previdência do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, reiterou que os principais objetivos da medida são a eficiência administrava e, principalmente, a justiça: “Irão receber o beneficio os segurados que realmente têm direito”.

Segundo a normativa, sempre que possível, a data de término do auxílio-doença deverá ser estabelecida já no ato da concessão do benefício (administrativa ou judicial). Caso isso não ocorra, o benefício deverá ser cessado em, no máximo, 120 dias, exceto se o segurado requerer a prorrogação.

A seguir, outras questões previstas na MP:

Sou aposentado por invalidez há mais de dois anos. Como devo proceder?

Você deve aguardar a convocação oficial pelo INSS para comparecer à agência e fazer a revisão de seu benefício. O INSS deverá indicar data, local e horário.

Recebo auxílio-doença há mais de dois anos. Como devo proceder?

Para fazer a revisão de seu benefício será necessário aguardar a convocação oficial do INSS, que indicará data, local e horário para o comparecimento.

Sou aposentado por invalidez há menos de dois anos. Quando completar os dois anos, serei convocado?

Não necessariamente. Essa convocatória é para revisar benefícios mais antigos (estoque), mas todo segurado pode ser chamado a qualquer tempo para revisão.

Recebo auxílio-doença há menos de dois anos. Serei convocado para a revisão?

Não necessariamente. Nesse momento, a revisão será apenas para quem tem benefício por incapacidade mantido por mais de dois anos. No entanto, todo segurado pode ser chamado a qualquer tempo para revisão.

Quando começam as convocações para a revisão?

Um ato conjunto dos ministérios da Fazenda, do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão e do Desenvolvimento Social e Agrário ainda deverá definir os critérios para essa convocação. A expectativa é de que as primeiras convocações comecem ainda no segundo semestre.

Assessoria de Imprensa
Secretaria da Previdência
ascom.mps@previdencia.gov.br
(61) 2021-5009 e 2021-5109

BA: Agência da Previdência Social em Mata de São João não funciona nesta sexta (15)

Publicado: 20/06/2016 19:05
Última modificação: 20/06/2016 19:05

Município comemora 170 anos de emancipação

De Salvador (BA)  – A cidade de Mata de São João, no Litoral Norte da Bahia, comemora 170 anos de emancipação nesta sexta-feira (15), e por ser feriado, a Agência da Previdência Social local não funciona neste dia. O atendimento retorna ao normal na segunda-feira (18).

Em caso de urgência o cidadão pode buscar atendimento previdenciário pela internet ou pela Central 135. As ligações são gratuitas para linhas fixas e de celular custa o preço de uma ligação local.

Os agendamentos da semana foram programados de acordo com o calendário de eventualidade do INSS, assim não há serviços marcados para a sexta. Diariamente, a Agência da Previdência Social vinculada à Gerência-Executiva do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) atende 70 pessoas e mantém cerca de cinco mil benefícios concedidos.

Mata de São João – Considerado o município mais importante do litoral norte baiano, Mata de São João é um dos principais destinos turísticos do País e destaca-se pelas suas belezas naturais e pelo alto padrão de serviços. Localizada a 64 quilômetros de Salvador, a cidade tem um patrimônio artístico-cultural que retrata parte da história do Brasil.

 

Assessoria de Imprensa

Ministério do Trabalho e Previdência Social

(71) 3243-8410

RN: Agência do INSS em Ceará-Mirim (RN) funciona em novo endereço

Publicado: 17/05/2016 17:37
Última modificação: 20/06/2016 18:00

Unidade tem estrutura moderna e seis servidores para atendimento da população da região

De Natal (RN) – A Agência da Previdência Social de Ceará-Mirim está funcionando em novo endereço, na rua Demildes Dantas, centro, próximo ao terminal rodoviário da cidade.

A nova Agência tem uma área de 330m², e foi construída em um local de fácil acesso aos segurados. A unidade dispõe de equipamentos modernos, dispositivo de segurança e acessibilidade para pessoas com deficiência, devidamente sinalizada. A agência conta com três guichês, além de duas salas para a realização de perícia médica e atendimento pelo Serviço Social.

Com seis servidores, incluindo um perito médico, a unidade atende a população dos municípios de Ceará-Mirim e Pureza, aproximadamente 75 mil habitantes, totalizando 16.495 benefícios mantidos.

Para o gerente-executivo do INSS em Natal, André Paulino Santos de Azevedo, “a sociedade brasileira exige melhorias na prestação dos serviços públicos em todas as esferas, seja federal, estadual e municipal, e a Previdência, atendendo ao clamor do cidadão e da cidadã de Ceará-Mirim e região, entrega uma agência com mais comodidade e conforto a todos que procuram nossos benefícios e serviços diariamente”, informou.

Mensalmente, são injetados na economia desses municípios o corresponde a R$ 13,5 milhões com os benefícios pagos aos segurados e pensionistas da Previdência. Em geral, esse dinheiro movimenta a economia desses municípios. A importância da renda recebida do INSS, todos os meses, é visível nos municípios onde o comércio sobrevive em função da venda de seus produtos aos aposentados e pensionistas.

Para o prefeito de Ceará-Mirim , Antônio Peixoto, que fez a doação do terreno para a construção da agência, “a nova unidade do INSS é de grande importância, não só para o município, mas para toda a população da região, por facilitar o acesso dos segurados a esta moderna agência que está localizada na área central da cidade”, declarou.

 

Assessoria de imprensa
Assessoria de Comunicação Social do INSS/RN
Tels. (84) 3216-5171 / 3216-5020