Portal do Governo Brasileiro
Menu

BENEFÍCIOS: Consulta sobre recadastramento está na internet

12/11/2003 13:30

Segurado poderá pesquisar a necessidade de atualizar dados com o INSS

Da Redação (Brasília) – Os segurados da Previdência Social ganham, a partir de hoje (12), novo serviço para facilitar o recadastramento espontâneo. Aposentados e pensionistas poderão consultar a necessidade de fazer o recadastramento espontâneo pela página eletrônica do Ministério da Previdência Social (www.previdenciasocial.gov.br). Basta clicar no link “recadastramento”, localizado no canto inferior esquerdo da tela, e informar o número do benefício (confira). Após preenchidos os campos, será dada uma resposta automática informando se é necessário ou não o recadastramento. Em caso positivo, será fornecido o endereço da Agência da Previdência que deve ser procurada.

Segurados com mais de 90 anos, que recebem recursos previdenciários há mais de 30 anos, além de aposentados e pensionistas com mais de cem anos, poderão comparecer, se quiserem, à Agência da Previdência Social mantenedora do benefício. Deverão estar munidos com documento de identidade (RG), CPF e comprovação do número do benefício.

Aqueles que apresentarem dificuldades para se locomover à agência têm a opção de enviar procuradores, representantes, familiares ou amigos em seu lugar. O representante deverá solicitar a visita de um servidor do INSS ao local onde está o beneficiário, para identificação e recadastramento de dados.

Além disso, o segurado ou seu representante poderão ligar para o PREVFone (0800-780191) e manifestar a intenção de se recadastrar. Pelo telefone, não será feito o agendamento da visita do servidor, mas o contato ficará registrado no banco de dados da Previdência. As informações repassadas pelo telefone serão encaminhadas à agência mantenedora do benefício que ficará encarregada de contactar o beneficiário, ou seu representante, para agendar uma visita posterior de identificação e recadastramento.

O registro do contato ficará sob responsabilidade da Ouvidoria da Previdência Social, na categoria Reclamação sobre Benefício. Para tanto, deverão ser fornecidas as seguintes informações:

- Nome completo do(a) segurado(a)

- Data de Nascimento

- Número do Benefício (OBRIGATÓRIO)

- Código/nome da agência mantenedora

- Nome do interlocutor que está ao telefone com nosso atendente e grau de parentesco

- Endereço completo onde é possível encontrar o segurado, para a visita do funcionário do INSS

- telefone para contato (muito importante, pois a agência retornará a ligação marcando o dia da visita)

Quem preferir fazer o contato por outro meio que não o telefônico com a Ouvidoria do Ministério da Previdência Social, pode usar a internet (http://www.previdenciasocial.gov.br/fale.asp); o correio eletrônico (ouvidoria@df.previdenciasocial.gov.br ) ou mesmo pela Central de Cartas (Caixa Postal 09714 – CEP 70001-970 – BSB-DF).

Na terça-feira (11), o ministro da Previdência Social, Ricardo Berzoini, reiterou que o recadastramento dos segurados é espontâneo e não implica bloqueio no pagamento. Segundo ele, apenas em janeiro de 2004, os técnicos da Previdência farão uma análise dos dados e delimitarão regras para um recadastramento formal. (JL/IS/JEF)