Portal do Governo Brasileiro
Menu

ATENDIMENTO: INSS reduzirá prazos de agendamento eletrônico

23/05/2007 10:09

Plano prevê ações para ampliar ofertas de vagas nas Agências da Previdência

Da Redação (Brasília) – Os segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) passarão a esperar menos tempo entre a ligação para o serviço gratuito 135 e a data marcada para comparecer a uma Agência da Previdência Social (APS). Melhorar ainda mais o atendimento é o objetivo da Resolução do Plano de Redução de Prazos da Agenda, publicada hoje (23) no Diário Oficial da União (DOU), pelo presidente do INSS, Marco Antonio de Oliveira. A resolução ajusta também o tempo de permanência do usuário nas agências, conforme o tipo de benefício ou serviço solicitado pelo segurado.

Segundo Marco Antonio, o objetivo do Plano de Redução, que prevê três ações destinadas a ampliar a oferta de vagas, conforme a capacidade de atendimento de cada agência, é preparar as APS para a implantação e cumprimento de metas. O presidente do INSS adianta que “todas as Gerências Regionais, Gerências Executivas e unidades de atendimento já estão comprometidas com essas ações de melhoria do agendamento eletrônico”.

A primeira ação é o tempo que o segurado permanece com o servidor que faz o atendimento, que não pode ultrapassar a uma hora. Para os pedidos de aposentadoria, pecúlio, recurso, revisão, andamento de processos e Certidão de Tempo de Contribuição (CTC), o tempo é de até 60 minutos; para os serviços de auxílio-reclusão e Simulação de Contagem de Tempo de Contribuição, 30 minutos; e, para os de pensão, salário-maternidade e benefícios previstos na Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS), devem ser realizados em até 45 minutos.

A segunda ação determina que cada uma das unidades de atendimento torne disponível todos os serviços no Sistema de Agendamento Eletrônico (SAE). Essa agenda deve estabelecer, ainda, o número mínimo de vagas, por serviço, além, dos Tempos Máximos de Atendimento para cada Serviço, obedecendo os parâmetros estabelecidos pelo INSS.

O terceiro passo prevê uma rotina de acompanhamento da evolução da agenda eletrônica, visando monitorar os resultados.

Confirmação – Através da Central 135, o INSS manterá contato com os segurados, com antecedência mínima de 72 horas da data prevista para o atendimento, para confirmar o seu comparecimento nas datas e horários previstos . O INSS pretende, com essa ação, reduzir o índice de desistência ou de ausência, que atualmente é de 30% dos agendamentos, e aumentar a oferta de vagas pelo Sistema de Agendamento Eletrônico, calculada em cerca de 90 mil por mês.

Segundo o diretor de atendimento, Leonardo Schettino, o Plano de Redução requer uma adequação tecnológica – com ajuste e refinamento do sistema de agendamento . A mais importante, no entanto, a seu ver, é a mobilização das servidores que trabalham no atendimento ao segurado, tanto nas agências como remotamente, por meio do 135 e internet.

“Estamos investindo no controle de agendamento e acreditamos que até o fim de setembro tenhamos um prazo máximo entre a data de agendamento e de atendimento de até 30 dias”, completa Schettino. (Lídia Maia)