AEAT 2008 – Seção I – Estatísticas de Acidentes do Trabalho – Subseção C – TABELAS

Publicado: 01/05/2013 13:49
Última modificação: 31/07/2015 16:26

Seção I – Estatísticas de Acidentes do Trabalho

Subseção C – Acidentes do Trabalho segundo a CID

Texto

Capítulo 57 – Brasil e Grandes Regiões

57.1 – Quantidade de acidentes do trabalho registrados, por situação de registro e motivo, segundo os 200 códigos da Classificação Internacional de Doenças – CID 10 mais incidentes, no Brasil – 2006

57.2 – Quantidade de acidentes do trabalho registrados, por situação de registro e motivo, segundo os 200 códigos da Classificação Internacional de Doenças – CID 10 mais incidentes, no Brasil – 2007

57.3 – Quantidade de acidentes do trabalho registrados, por situação de registro e motivo, segundo os 200 códigos da Classificação Internacional de Doenças – CID 10 mais incidentes, no Brasil – 2008

57.4 – Quantidade de acidentes do trabalho registrados, por situação de registro e motivo, segundo os 200 códigos da Classificação Internacional de Doenças – CID 10 mais incidentes, na Região Norte – 2006

57.5 – Quantidade de acidentes do trabalho registrados, por situação de registro e motivo, segundo os 200 códigos da Classificação Internacional de Doenças – CID 10 mais incidentes, na Região Norte – 2007

57.6 – Quantidade de acidentes do trabalho registrados, por situação de registro e motivo, segundo os 200 códigos da Classificação Internacional de Doenças – CID 10 mais incidentes, na Região Norte – 2008

57.7 – Quantidade de acidentes do trabalho registrados, por situação de registro e motivo, segundo os 200 códigos da Classificação Internacional de Doenças – CID 10 mais incidentes, na Região Nordeste – 2006

57.8 – Quantidade de acidentes do trabalho registrados, por situação de registro e motivo, segundo os200 códigos da Classificação Internacional de Doenças – CID 10 mais incidentes, na Região Nordeste – 2007

57.9 – Quantidade de acidentes do trabalho registrados, por situação de registro e motivo, segundo os200 códigos da Classificação Internacional de Doenças – CID 10 mais incidentes, na Região Nordeste – 2008

57.10 – Quantidade de acidentes do trabalho registrados, por situação de registro e motivo, segundo os200 códigos da Classificação Internacional de Doenças – CID 10 mais incidentes, na Região Sudeste – 2006

57.11 – Quantidade de acidentes do trabalho registrados, por situação de registro e motivo, segundo os 200 códigos da Classificação Internacional de Doenças – CID 10 mais incidentes, na Região Sudeste – 2007

57.12 – Quantidade de acidentes do trabalho registrados, por situação de registro e motivo, segundo os 200 códigos da Classificação Internacional de Doenças – CID 10 mais incidentes, na Região Sudeste – 2008

57.13 – Quantidade de acidentes do trabalho registrados, por situação de registro e motivo, segundo os 200 códigos da Classificação Internacional de Doenças – CID 10 mais incidentes, na Região Sul – 2006

57.14 – Quantidade de acidentes do trabalho registrados, por situação de registro e motivo, segundo os 200 códigos da Classificação Internacional de Doenças – CID 10 mais incidentes, na Região Sul – 2007

57.15 – Quantidade de acidentes do trabalho registrados, por situação de registro e motivo, segundo os 200 códigos da Classificação Internacional de Doenças – CID 10 mais incidentes, na Região Sul – 2008

57.16 – Quantidade de acidentes do trabalho registrados, por situação de registro e motivo, segundo os 200 códigos da Classificação Internacional de Doenças – CID 10 mais incidentes, na Região Centro-Oeste – 2006

57.17 – Quantidade de acidentes do trabalho registrados, por situação de registro e motivo, segundo os 200 códigos da Classificação Internacional de Doenças – CID 10 mais incidentes, na Região Centro-Oeste – 2007

57.18 – Quantidade de acidentes do trabalho registrados, por situação de registro e motivo, segundo os 200 códigos da Classificação Internacional de Doenças – CID 10 mais incidentes, na Região Centro-Oeste – 2008