AUTÔNOMO


JÁ QUE NÃO EXISTE UM OUTRO VOCÊ PARA
TRABALHAR NO SEU LUGAR É MELHOR CONTAR
COM A PREVIDÊNCIA SOCIAL.

Benefícios
da Contribuição

Você que é autônomo e trabalha por conta própria sabe que a sua renda depende só de você.

Por isso, é importante contribuir com a Previdência Social. Assim, você garante vários benefícios como auxílio-doença, salário-maternidade, além de aposentadoria e pensão.

Passe o mouse sobre as imagens ao lado e conheça os benefícios para o contribuinte.

Aposentadoria por idade

Homens a partir de 65 anos e mulheres a partir de 60 podem ter direito à aposentadoria. Mas atenção, o tempo mínimo de contribuição é de 15 anos.

Aposentadoria por invalidez

Quando a perícia do INSS considera uma pessoa total e definitivamente incapaz para o trabalho, o contribuinte é aposentado por invalidez. Para tanto, deve-se comprovar, no mínimo, 12 contribuições mensais, sem perda de qualidade de segurado.

Aposentadoria por tempo de contribuição

Com 35 anos de contribuição, para homem, e 30 para mulher, o contribuinte tem direito à aposentadoria por tempo de contribuição.

Aposentadoria especial

É concedida ao Contribuinte Individual filiado a uma cooperativa de trabalho ou de produção que trabalha sob condições especiais que prejudicam a saúde ou a integridade física. Neste caso, existem classes de risco que variam o tempo de contribuição em 15, 20 e 25 anos.

Auxílio doença

Ao ficar incapacitado para trabalhar é seu direito o auxílio-doença. O benefício é pago pela Previdência Social desde o início da incapacidade. Para isso, deve se comprovar, no mínimo, 12 contribuições mensais sem perda da qualidade de segurado.

Salário-maternidade

As gestantes e os adotantes têm direito ao salário-maternidade por 120 dias, período em que ficam afastados do trabalho.

Auxílio-reclusão

A família do Contribuinte Individual que for preso tem direito ao auxílio-reclusão desde que o seu último salário de contribuição não exceda determinado limite, que muda de ano em ano.

Pensão por morte

Maridos, esposas, companheiros, filhos com até 21 anos e, na falta destes, pais, mães e até irmãos têm direito à pensão por morte, desde que o segurado esteja em dia com as obrigações junto à Previdência Social. É uma segurança para toda a família.

Quem pode
contribuir

A categoria de Contribuinte Individual foi criada pela Lei nº 9,876, de 26 de novembro de 1999. Conheça algumas profissões que se enquadram nesta categoria:

Dentista
Engenheiro
Advogado
Diarista
Motoboy
Feirante
Médico
Corretor de Imóveis

Como contribuir

Navegue pelo gráfico abaixo e descubra o passo a passo para fazer a sua contribuição.
É fácil, online e você garante, desde já, a sua seguridade social.

Clique aqui, contribua com a Previdência Social e tenha direito a vários benefícios.