Operações da Força Tarefa Previdenciária – 2013

Publicado: 23/09/2013 20:21
Última modificação: 25/08/2015 11:37

AÇÃO Nº: 1 PRISÃO EM FLAGRANTE – PA
DATA: 06/02/13
Prisões Outros 1
HISTÓRICO
A partir de trabalho conjunto realizado pela Polícia Federal do Estado do Pará e o Ministério da Previdência, foi efetuada, no dia 6/2/2013, na cidade de Belém – PA, a prisão em flagrante de uma senhora portando documentos ideologicamente falsos.
MODUS OPERANDI
Falsificação de documentos para fraudar a Previdência Social.

AÇÃO Nº: 2 ANOS 90 – RN
DATA: 06/02/13
Busca e Apreensão – Outros 1
HISTÓRICO
A Força Tarefa Previdenciária no Estado do Rio Grande do Norte, composta pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal, deflagrou, no dia 6/2/2013, a Operação Anos 90, para o cumprimento de um mandado judicial de BUSCA e APREENSÃO expedidos pela 2ª Vara da seção judiciária do Rio Grande do Norte.
MODUS OPERANDI
Falsificação de documentos para execução de fraudes contra a Previdência Social.
*
AÇÃO Nº: 3 VILA NOVA DE SOURE – CE
DATA: 20/02/13
Busca e Apreensão – Servidores 6
Busca e Apreensão – Outros 21
Prejuízo Estimado 10.000.000,00
HISTÓRICO
A Força Tarefa Previdenciária no Estado do Ceará, composta pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal, deflagrou, nesta quarta feira (20/02/2013), a Operação VILA NOVA DE SOURE, para o cumprimento de 27 (VINTE E SETE) mandados judiciais de BUSCA e APREENSÃO expedidos pela 11ª Vara Federal em Fortaleza/CE, requeridos pela Polícia Federal, com manifestação favorável da Procuradoria da República.
MODUS OPERANDI
A quadrilha utilizava documentos ideologicamente falsos, mediante adulteração de datas de nascimento, filiação e endereço. O endereço da Agência da Previdência era atribuído como domicílio dos requerentes, mesmo nos casos em que restavam comprovados os seus endereços residenciais. Com isso, os beneficiários não recebiam comunicação da Previdência Social acerca da situação de seus benefícios. Além disso, constataram a existência de benefícios concedidos apenas de forma virtual, para os quais não foram localizados os processos concessórios.
*
AÇÃO Nº: 4 PRISÃO EM FLAGRANTE – SP
DATA: 20/02/13
Prisões Outros 1
HISTÓRICO
Numa ação conjunta entre a Polícia Federal e o Ministério da Previdência Social, foi preso em flagrante, no dia 20/2/2013, na Agência da Previdência Social de Vila Maria, um senhor acusado de apresentar documentos falsos para comprovação de vínculo laboral e de relatório com diagnóstico de fratura da escafóide, também, inidôneo. O elemento foi conduzido à Superintendência Regional da Polícia Federal em São Paulo/SP para prestar depoimento.
MODUS OPERANDI
apresentação de documentação falsa para comprovar vínculo laboral e apresentação de relatório com diagnóstico de fratura da escafóide, também, inidôneo.
*
AÇÃO Nº: 5 SEGUNDA INSTÂNCIA – MA
DATA: 06/03/13
Prisões Servidores 1
Prisões Outros 3
Busca e Apreensão – Servidores 1
Busca e Apreensão – Outros 10
Prejuízo Estimado 2.256.285,00
HISTÓRICO
O Departamento de Polícia Federal, o Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal, órgãos que integram a Força-Tarefa Previdenciária no Maranhão, deram cumprimento, nesta quarta-feira (6/3/2013), a quatro Mandados de Prisão Preventiva e 11 Mandados de Busca e Apreensão nas cidades de Caxias, Aldeias Altas e Gonçalves Dias.
MODUS OPERANDI
Entre as principais disfunções identificadas, destacamos: benefícios reabertos apesar de haver decisão contrária ao requerente pela Junta de Recursos, pela Câmara de Julgamento do CRPS e pela Justiça Federal; ausência de documentos contemporâneos que pudessem comprovar o efetivo exercício de atividade rural para o período declarado; benefícios concedidos sob a rubrica de segurados especiais para pessoas que nunca exerceram atividade rural; concessão de benefícios em sede de revisão sem motivação razoável; divergência entre o endereço residencial e o suposto local de exercício da atividade rural; apropriação do crédito retroativo pelos principais investigados.
*
AÇÃO Nº: 6 GERAS – SP
DATA: 12/03/13
Busca e Apreensão – Outros 4
Prejuízo Estimado 950.065,00
HISTÓRICO
A Polícia Federal desencadeou no dia (12/3/2013) a Operação GERAS, resultado do trabalho da Força Tarefa Previdenciária da Cidade de Campinas/SP, composta pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal.
MODUS OPERANDI
Segundo as investigações, os intermediadores, ao requererem os benefícios assistenciais, informavam endereços de residência dos beneficiários divergentes dos seus verdadeiros endereços, com a finalidade de simular que residiam em local diverso de seus cônjuges, para fins de apresentar composição do grupo familiar distinta da realidade. Omitiam ainda componentes do grupo familiar ou o recebimento de outro benefício concomitante.
*
AÇÃO Nº: 7 LAVORO – MS
DATA: 14/03/13
Prisões Servidores 1
Prisões Outros 12
Condução Coercitiva de Servidores 1
Condução Coercitiva Outros 5
Busca e Apreensão – Servidores 2
Busca e Apreensão – Outros 27
Prejuízo Estimado 3.000.000,00
HISTÓRICO
A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quinta-feira (14/03/2013), a operação Lavoro na cidade de Naviraí, no estado do Mato Grosso do Sul. O objetivo da ação foi combater a atuação de criminosos que praticavam crimes previdenciários na região. A operação contou com a participação de dois servidores do Ministério da Previdência Social e de mais de 140 policiais federais. Em 18/03/2012, foram presos outros 02 (dois) agenciadores, que pertenceriam ao esquema de fraude objeto da Operação Lavoro, totalizando, assim, 13 prisões. As prisões teriam sido motivadas pelo depoimento da principal integrante do esquema, que teria confirmado a participação desses agenciadores na falsificação de documentos e com o fito de se evitar que eles influenciassem pessoas que estariam sendo intimadas a depor perante a Polícia Federal.
MODUS OPERANDI
A fraude consistia em obter aposentadorias rurais para pessoas que nunca trabalharam no campo ou não possuíam o tempo necessário para ter direito ao benefício. Após a obtenção da aposentadoria, os integrantes do esquema faziam empréstimos consignados em uma financeira da cidade para o imediato pagamento dos envolvidos.
*
AÇÃO Nº: 8 CRIS II – BA
DATA: 15/03/13
Busca e Apreensão – Outros 1
Prejuízo Estimado 28.289.618,04
HISTÓRICO
A Força-Tarefa Previdenciária, deu cumprimento, no dia (15/3/2013), a um Mandado de Busca e Apreensão na residência de um falso advogado no município baiano de Entre Rios (a cerca de 140 km de Salvador), onde funcionava o escritório especializado em fraudes contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
MODUS OPERANDI
Segundo a Polícia Federal, o falso advogado atuava como procurador de ciganos perante o INSS para aquisição de benefícios assistenciais ao idoso e aposentadorias especiais rurais. O esquema envolvia falsificação de documentos, de contratos de comodato e obtenção de notas fiscais ideologicamente falsas de produtos agrícolas.
*
AÇÃO Nº: 9 PRISÃO EM FLAGRANTE – PR
DATA: 20/03/13
Prisões Outros 1
HISTÓRICO
Na manha desta quarta-feira, 20/3/2013, durante a realização de exame médico pericial na Agência da Previdência Social Cândido Lopes, em Curitiba – PR, uma segurada foi flagrada portando atestado médico falso.
MODUS OPERANDI
Apresentação de atestado médico falso para requerer benefício previdenciário.
*
AÇÃO Nº: 10 PRISÕES EM FLAGRANTE – BA
DATA: 22/03/13
Prisões Outros 2
HISTÓRICO
Em ação conjunta realizada no dia 22/3/2013, entre a Polícia Civil do Estado da Bahia e o Ministério da Previdência Social, foram presos em flagrante dois senhores acusados de falsificar carimbos, atestados e receitas médicas, na cidade de Salvador/BA.
MODUS OPERANDI
Apresentação de atestado médico falso para requerer benefício previdenciário.
*
AÇÃO Nº: 11 PRISÃO EM FLAGRANTE – SP
DATA: 25/03/13
Prisões Outros 1
HISTÓRICO
Numa ação conjunta entre a Polícia Federal e o Ministério da Previdência Social, foi preso em flagrante, no dia 25/3/2013, na Agência da Previdência Social do Tatuapé, Gex Leste, um senhor acusado de ter apresentado relatório falsificado com diagnóstico de fratura da escafóide.
MODUS OPERANDI
Apresentação de relatório falsificado com o intuito de fraudar a Previdência Social.
*
AÇÃO Nº: 12 PRISÃO EM FLAGRANTE – RS
DATA: 02/04/13
Prisões Outros 1
HISTÓRICO
Na manhã desta terça feira, 02/4/2013, a Polícia Federal em trabalho conjunto com a Previdência Social de Passo Fundo (RS) realizou a prisão em flagrante de uma mulher acusada de estelionato contra o INSS.
MODUS OPERANDI
Falsificação de documentos para obter de forma fraudulenta benefícios de auxílio reclusão.
*
AÇÃO Nº: 13 PRISÃO EM FLAGRANTE – BA
DATA: 10/04/13
Prisões Outros 1
HISTÓRICO
Em ação conjunta realizada nesta quarta-feira, 10/4/2013, entre a Polícia Federal de Feira de Santana/Bahia e a REAPE-BA/SE/MPS, foi preso em flagrante um senhor portando documentos médicos falsos quando da realização de perícia médica na Agência da Previdência Social de Amélia Rodrigues, Gerência Executiva do INSS/Feira de Santana.
MODUS OPERANDI
Apresentação de documentação falsificada para requerer benefícios previdenciários.
*
AÇÃO Nº: 14 PRISÃO EM FLAGRANTE – PI
DATA: 11/04/13
Prisões Outros 1
HISTÓRICO
No dia 11/04/2013, a Delegacia de Repressão aos Crimes Previdenciários da Superintendência da Polícia Federal do Piauí, efetuou a prisão em flagrante de uma senhora, na Agência da Previdência Social Teresina/ Leste.
MODUS OPERANDI
Falsificação de documentos para transferência de benefício previdenciário.
*
AÇÃO Nº: 15 PRISÕES EM FLAGRANTE – RJ
DATA: 22/04/13
Prisões Outros 2
HISTÓRICO
No dia 22/4/2013 a Polícia Federal no estado do Rio de Janeiro efetuou a prisão em flagrante de dois Senhores, o primeiro na APS-RJ, Praça da Bandeira, na condição de procurador de benefício de pensão por morte previdenciária portando documentação falsificada para comprovação de união estável. Ato seguinte, após deliberação da Autoridade Policial, que entendeu que havia estado de flagrância, deslocou-se ao município de Nova Iguaçu e conduziu o outro Senhor responsável pelo escritório onde estaria sendo falsificada a documentação.
MODUS OPERANDI
Falsificação de documentos na condição de procurador de benefício de pensão por morte previdênciária para comprovar união estável.
*
AÇÃO Nº: 16 CONDUÇÕES COERCITIVAS – SP
DATA: 23/04/13
Condução Coercitiva Outros 2
HISTÓRICO
Em 23/4/2013, em razão de trabalho conjunto entre a Polícia Federal e o Ministério da Previdência Social, duas pessoas foram conduzidas coercitivamente para prestarem depoimento na Delegacia de Polícia Federal em Santos/SP, sob suspeita de cometimento de fraudes contra a Previdência Social.
MODUS OPERANDI
A fraude consistiria na prestação de informações inverídicas, por meio de Guias de Recolhimento do FGTS e informações à Previdência Social (GFIP) extemporâneas, para simular vínculos laborais inexistentes, com remunerações elevadas, visando à obtenção de benefícios previdenciários de auxílios doença e aposentadorias por invalidez, decorrentes de episódios depressivos.
*
AÇÃO Nº: 17 AVANTESMA – TO
DATA: 24/04/13
Busca e Apreensão – Servidores 2
Busca e Apreensão – Outros 10
Prejuízo Estimado 4.000.000,00
HISTÓRICO
A Força Tarefa Previdenciária do Estado do Tocantins, composta pelo Ministério da Previdência Social (MPS), o Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal (PF), deflagrou, na manhã de hoje (24/4/2013), a Operação Avantesma, com o objetivo de desarticular uma quadrilha que atuava nos estados do Tocantins e Maranhão, utilizando-se de documentos fraudados em nome de indígenas da etnia Guajajara.
MODUS OPERANDI
A investigação teve início após a constatação de fraude de 46 benefícios, na Agência de Previdência Social (APS) de Tocantinópolis. Apurou-se que, de posse de documentos ideologicamente falsos – de pessoas que, em realidade, não existem – o grupo criminoso conseguia os benefícios. Para isso, os envolvidos contavam com a ajuda de um servidor do Fórum de Imperatriz e dois servidores do INSS. Além disso, para cada benefício conseguido, os acusados faziam um empréstimo consignado, sempre no teto máximo, causando um prejuízo de quase 1 milhão às instituições bancárias.
*
AÇÃO Nº: 18 MANDADO DE BUSCA E APREENSÃO – RJ
DATA: 03/05/13
Busca e Apreensão – Outros 1
HISTÓRICO
Em ação conjunta entre a Polícia Federal e o Ministério da Previdência Social realizada no dia 3/5/2013, no Estado do Rio de Janeiro, foi cumprido um mandado de busca e apreensão, expedido pela 2º Vara Federal Criminal/RJ, contra um escritório acusado de falsificar documentos para realizar fraudes contra a Previdência Social. A deflagração dessa ação foi em decorrência de duas prisões em flagrante ocorridas no dia 22/4/2013. O material apreendido será analisado pela Força-Tarefa Previdenciária no Rio de Janeiro.
MODUS OPERANDI
Falsificação de documentos para realização de fraudes contra a previdência social.
*
AÇÃO Nº: 19 LARANJA LIMA – MT
DATA: 09/05/13
Condução Coercitiva Outros 6
Busca e Apreensão – Outros 5
Prejuízo Estimado 610.000,00
HISTÓRICO
A Força Tarefa Previdenciária no Estado de Mato Grosso, composta pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal, deflagrou, nesta quinta-feira (9/5/2013), a Operação LARANJA LIMA, que contou com a participação de 22 (vinte e dois) policiais federais e 5 (cinco) servidores do Ministério da Previdência Social, nos municípios de Alto Paraguai, Cuiabá e Várzea Grande.
MODUS OPERANDI
As diligências revelaram a atuação de uma quadrilha voltada para a obtenção fraudulenta de benefícios de pensão por morte por meio da apresentação de documentos falsos, promovendo assim a prática dos crimes de estelionato, falsidade ideológica, falsificação de documento público e formação de quadrilha.
*
AÇÃO Nº: 20 PERIPÉCIAS DE UMA PERITA – CE
DATA: 10/05/13
Busca e Apreensão – Outros 2
Prejuízo Estimado 200.000,00
HISTÓRICO
A Força Tarefa Previdenciária no Estado de Ceará, composta pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal, deflagrou em 10/05/2013, a Operação PERIPÉCIAS DE UMA PERITA, para o cumprimento de 02 (DOIS) mandados judiciais de BUSCA e APREENSÃO expedidos pela 11ª. Vara Federal em Fortaleza/CE, requeridos pela Polícia Federal no Inquérito Policial nº 0862/2009, com manifestação favorável da Procuradoria da República.
MODUS OPERANDI
A partir da análise de denúncia sobre suposta atuação da pessoa em Maracanaú e outras Agências da Previdência Social, na concessão de benefícios por tempo de contribuição, com a inclusão de vínculos e alterações de valores da contribuição, visando ao aumento da renda mensal dos beneficiários.
*
AÇÃO Nº: 21 PRISÕES EM FLAGRANTE – MA
DATA: 13/05/13
Prisões Outros 2
HISTÓRICO
Em uma ação conjunta entre a Polícia Federal e o Ministério da Previdência Social, realizada no Estado do Maranhão, foram presos nesta segunda-feira, dia 13/5/2013, duas pessoas: uma portando documentação falsa e outra, pelo fornecimento dessa documentação.
MODUS OPERANDI
Esta ação foi consequência do Conhecimento nº 001/2013 – REAPE-MA/APEGR/SE/MPS, no qual acompanha-se a habilitação / concessão / manutenção dos benefícios da espécie pensão por morte cujo instituidor tenha contribuído por poucos meses na condição de contribuinte individual, em valores acima de 04 salários mínimos. Ao ser detido quando da tentativa de liberação do pagamento inicial, o titular da pensão por morte, NB 21/ 163.113.372-9, declarou que as Certidões de Casamento e de Óbito eram falsas e que a instituidora do benefício havia sido criada virtualmente.
*
AÇÃO Nº: 22 PRISÃO EM FLAGRANTE – PR
DATA: 15/05/13
Prisões Outros 1
HISTÓRICO
Em uma ação conjunta entre a Polícia Federal e o Ministério da Previdência Social, foi preso nesta quarta-feira, dia 15/5/2013, na APS XV de Novembro, localizada em Curitiba/PR, uma pessoa portando documentação falsa, quando da realização de perícia médica na tentativa de prorrogar benefício previdenciário de auxílio doença.
MODUS OPERANDI
Utilização de documentação falsificada para concessão de benefício de auxílio doença.
*
AÇÃO Nº: 23 PRISÃO EM FLAGRANTE – SP
DATA: 17/05/13
Prisões Outros 1
HISTÓRICO
No dia 17/5/2013 a Polícia Federal no estado de São Paulo efetuou a prisão em flagrante de um Senhor quando ele tentava protocolar o seu quarto benefício de amparo assistencial ao idoso. A prisão foi realizada na APS Aricanduva, Gerência Leste.
MODUS OPERANDI
Falsificação de documentos para obtenção fraudulenta de benefício de amparo assistencial ao idoso.
*
AÇÃO Nº: 24 CONSÓRCIO – PR
DATA: 28/05/13
Busca e Apreensão – Servidores 1
Busca e Apreensão – Outros 9
Prejuízo Estimado 7.200.000,00
HISTÓRICO
A Polícia Federal, com o apoio do Ministério da Previdência Social (MPS) e do Ministério Público Federal (MPF), deflagrou nesta terça-feira (28/05/2013) a Operação CONSORCIO – PR, para o cumprimento de 10 mandados de busca e apreensão nos municípios paranaenses de Jaguariaiva e Arapoti. O objetivo da ação foi colher provas sobre a atuação de esquema fraudulento de concessão de benefícios de aposentadoria por invalidez e auxílio doença na Agência da Previdência Social em Jaguariaiva.
MODUS OPERANDI
Atuação de esquema fraudulento de concessão de benefícios de aposentadoria por invalidez e auxílio doença na Agência da Previdência Social em Jaguariaiva/PR. As investigações iniciaram em 2010 a partir de denúncias noticiando a existência de um consórcio criminoso caracterizado pelo direcionamento de perícias previdenciárias aos mesmos peritos-médicos que forneciam atestados médicos em seus consultórios particulares mediante o pagamento de honorários médicos.
*
AÇÃO Nº: 25 PENSÃO FAMILIAR – MA
DATA: 29/05/13
Busca e Apreensão – Outros 1
Prejuízo Estimado 3.235.355,00
HISTÓRICO
A Força Tarefa Previdenciária no Estado do Maranhão, composta pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal, cumpriu nesta quarta-feira, dia 29/05/2013, 01 (um) Mandado de Busca e Apreensão no município de São Luis/MA. A ação conjunta contou com a participação de 03 policiais federais e 01 servidor do Ministério da Previdência Social.
MODUS OPERANDI
Esquema fraudulento de concessão de benefícios de Pensão por Morte Previdenciária a partir de vínculos empregatícios extemporâneos. Entre as principais disfunções identificadas, destacamos: o vínculo empregatício dos instituidores e a Guia de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social – GFIP foram emitidos de forma extemporânea, ou seja, após o óbito do instituidor do benefício; instituidor do benefício criado virtualmente; uma mesma pessoa percebendo três benefícios com a utilização de documentos ideologicamente falsos.
*
AÇÃO Nº: 26 DESDOBRAMENTO CABO II – PE
DATA: 31/05/13
Prisões Outros 2
Busca e Apreensão – Outros 1
Prejuízo Estimado 3.043.706,85
HISTÓRICO
Em 31/05/2013, a Delegacia de Repressão a Crimes Previdenciários em Recife deu cumprimento a dois Mandados de prisão Preventiva, expedidos por ocasião da deflagração da Operação cabo II, em 2010.
MODUS OPERANDI
Falsificação de documentos para realizar fraudes contra a Previdência Social.
*
AÇÃO Nº: 27 LOKI – MG
DATA: 06/06/13
Busca e Apreensão – Outros 14
Prejuízo Estimado 260.000,00
HISTÓRICO
A Força-Tarefa Previdenciária (Polícia Federal, Previdência Social e Ministério Público Federal) desarticulou na manhã desta quinta-feira (6/6/2013) uma quadrilha que fraudava benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Estado de Minas Gerais. Estão envolvidos, contadores e empresários, na condição de “intermediários de benefícios” irregulares. Foram cumpridos 14 mandados de busca e apreensão e ordens de bloqueio de contas bancárias.
MODUS OPERANDI
A quadrilha criava vínculos empregatícios inexistentes por meio da inserção de dados falsos na Guia de Recolhimento de FGTS e Informações à Previdência Social (GFIP). Assim, os seus “clientes” podiam acrescentar tempo de serviço fictício nos bancos de dados da Previdência Social e requerer benefícios aos quais não tinham direito.
*
AÇÃO Nº: 28 PRISÕES EM FLAGRANTE – AL
DATA: 12/06/13
Prisões Outros 2
HISTÓRICO
A Polícia Federal, com a ajuda da Polícia Militar do Estado de Alagoas, efetuou no dia 12/6/2013, a prisão em flagrante de duas senhoras portando documentos falsos nas dependências da APS MONTE MÁQUINAS no centro de Maceió/AL.
MODUS OPERANDI
Falsificação de documentos para realizar fraudes contra a Previdência Social.
*
AÇÃO Nº: 29 AGENDA – SP
DATA: 20/06/13
Prisões Servidores 4
Prisões Outros 1
Busca e Apreensão – Servidores 4
Busca e Apreensão – Outros 11
Prejuízo Estimado 1.500.000,00
HISTÓRICO
A Força Tarefa Previdenciária, formada pelo Ministério da Previdência Social (MPS), pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela Polícia Federal (PF), deflagrou, nesta quinta-feira (20/6/2013), a Operação Agenda, que desarticulou uma quadrilha especializada em fraudes contra o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). A ação foi realizada em São Paulo, nas cidades de Osasco e Carapicuíba.
MODUS OPERANDI
As investigações tiveram inicio em julho de 2012, a partir de suspeitas em perícias médicas realizadas em segurados com o mesmo padrão: estavam fora do sistema, reingressavam, participavam com cerca de quatro contribuições e então solicitavam o benefício de auxílio-doença. Este benefício era então reiterado ou prorrogado até que fosse concedida a aposentadoria por invalidez.
*
AÇÃO Nº: 30 PRISÃO EM FLAGRANTE – GO
DATA: 21/06/13
Prisões Outros 1
HISTÓRICO
Em uma ação conjunta entre a Polícia Federal e o Ministério da Previdência Social, foi preso em flagrante, nesta sexta-feira, dia 21/6/2013, na Agência da Previdência Goiânia – Leste, um Senhor que portava documentos falsos para fins de obtenção de benefício previdenciário.
MODUS OPERANDI
Utilização de documentos falsos para fraudar a previdência social.
*
AÇÃO Nº: 31 PRISÕES EM FLAGRANTE – RJ
DATA: 25/06/13
Prisões Outros 2
HISTÓRICO
No dia 25/06/2013, na APS Miguel Pereira/RJ, em face de habilitação fraudulenta de benefícios de pensão por morte previdenciária, dois Policiais Federais conduziram 03 (três) pessoas à Delegacia de Polícia Federal em Nova Iguaçu, das quais duas foram presas.
MODUS OPERANDI
Apresentação de documentação falsa para requerer benefício previdenciário.
*
AÇÃO Nº: 32 SÍTIOS – PB
DATA: 10/07/13
Busca e Apreensão – Outros 2
Prejuízo Estimado 90.000,00
HISTÓRICO
A Força Tarefa Previdenciária, composta pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e o Ministério Público Federal, deflagrou no Estado da Paraíba, no dia 10/7/2013, a OPERAÇÃO SÍTIOS com o intuito de desarticular um esquema de concessão fraudulenta de benefícios previdenciários.
MODUS OPERANDI
Falsificação de documentos para realizar fraudes contra a Previdência Social.
*
AÇÃO Nº: 33 COMPENSA – AM
DATA: 10/07/13
Prisões Servidores 1
Prisões Outros 4
Condução Coercitiva Outros 17
Busca e Apreensão – Servidores 1
Busca e Apreensão – Outros 18
HISTÓRICO
A Superintendência Regional da Polícia Federal no Amazonas, juntamente com o Ministério da Previdência Social (MPS) esclarecem que, no dia 10/7/2013, foi dado cumprimento a 5 (cinco) mandados de prisão preventiva, 19 (dezenove) mandados de busca e apreensão e 17 (dezessete) mandados de condução coercitiva.
MODUS OPERANDI
Estelionato previdenciário, corrupção passiva, corrupção ativa, formação de quadrilha ou bando, falsificação de documento particular, falsidade ideológica, falsidade de atestado médico e uso de documento falso.
*
AÇÃO Nº: 34 DESDOBRAMENTO MIRAGEM – RJ
DATA: 11/07/13
Prisões Servidores 1
HISTÓRICO
A Força Tarefa Previdenciária prendeu na manhã do dia 11/7/2013 um dos principais investigados das Operações Miragem e Caixa Preta deflagradas em 2011, em decorrência de sentença condenatória do Juízo da 5ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.
MODUS OPERANDI
Falsificação de documentos para forjar relações de parentesco e dependência econômica de vítimas dos grandes desastres aéreos (Air France, aeronave Gol contra o Jato Legacy e TAM no aeroporto de Congonhas) para subsidiar a concessão irregular de pensões por morte.

AÇÃO Nº: 35 PERFIL – SP
DATA: 12/07/13
Prisões Outros 2
Busca e Apreensão – Outros 4
Prejuízo Estimado 780.000,00
HISTÓRICO
A Polícia Federal realizou no dia (12/7/2013), em Campinas/SP, a Operação PERFIL, resultado do trabalho da Força Tarefa Previdenciária da Cidade de Campinas, composta pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal, com o apoio da Procuradoria Federal Especializada do INSS e da SANASA.
MODUS OPERANDI
Segundo as investigações, os intermediadores (dentre eles advogados), ao requererem os benefícios previdenciários, apresentavam o documento Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP) falso, supostamente emitido pela SANASA, com alterações das atividades desempenhadas e/ou dos agentes ambientais a que o empregado está submetido, a fim de confirmar exercício de atividade em condições especiais e, consequentemente, majorar o tempo de contribuição do segurado.

AÇÃO Nº: 36 PRISÃO EM FLAGRANTE – BA
DATA: 05/08/13
Prisões Outros 1
HISTÓRICO
No dia 5/8/2013 a Polícia Militar no Estado da Bahia efetuou a prisão em flagrante de uma pessoa portando diversos carimbos e documentos falsificados. O acusado usaria a documentação para realizar empréstimos em nome de pessoas já falecidas.
MODUS OPERANDI
Falsificação de documentos para realizar empréstimos em nome de pessoas já falecidas.

AÇÃO Nº: 37 PRISÕES EM FLAGRANTE – AL
DATA: 08/08/13
Prisões Outros 2
HISTÓRICO
A Polícia Federal efetuou no dia 08/08/2013, a prisão em flagrante de duas senhoras (uma beneficiária e a outra intermediária) nas dependências da Caixa Econômica Federal – Agência PÁTIO, MACEIÓ/AL, no momento em que iam sacar Benefício Previdenciário obtido por meios ilícitos.
MODUS OPERANDI
Tal ação é fruto de trabalhos efetuado entre a DELEPREV/AL, REAPE-AL e PFE/Maceió/AL, a partir da identificação de CPF falsos ligados à concessão de Benefícios Previdenciários Espécie 88, Amparo Social ao Idoso.

AÇÃO Nº: 38 TERRA DO DIAMANTE – MT
DATA: 09/08/13
Busca e Apreensão – Outros 3
Prejuízo Estimado 3.600.000,00
HISTÓRICO
A Força Tarefa Previdenciária no Estado de Mato Grosso, composta pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal, deflagrou, nesta sexta-feira (09/08/2013), a Operação TERRA DO DIAMANTE, para o cumprimento de mandados judiciais expedidos pela Justiça Federal em Rondonópolis/MT requeridos pela Polícia Federal, com manifestação favorável da Procuradoria da República, sendo 03 mandados de busca e apreensão.
MODUS OPERANDI
Os trabalhos tiveram início a partir de denúncia feita à Delegacia de Policia Federal em Rondonópolis, dando conta da atuação de um advogado que impetrava ações na Justiça Estadual, Comarca de Poxoréo com utilização de documentos ideologicamente falsos, induzindo ao erro a autoridade judicial, para obter parecer favorável à concessão de benefícios previdenciários. As investigações duraram cerca de um ano e revelaram a atuação de um esquema voltado para a obtenção fraudulenta de Benefícios de Aposentadoria por Idade e Pensão por Morte por via judicial, a supostos trabalhadores rurais e/ou seus dependentes.

AÇÃO Nº: 39 LUTO – MA
DATA: 09/08/13
Busca e Apreensão – Outros 11
Prejuízo Estimado 5.750.080,20
HISTÓRICO
A Força-Tarefa Previdenciária no Estado do Maranhão, composta pelo Departamento de Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal, com a finalidade de reprimir a prática de crimes previdenciários, deflagrou na manhã desta sexta-feira, dia 09 de agosto de 2013, a Operação Luto.
MODUS OPERANDI
Alteração da data do óbito do segurado para fins de colher efeitos financeiros retroativos indevidos quando do saque da primeira parcela do benefício de pensão por morte, obtido fraudulentamente. As investigações, iniciadas em 2008, levaram ao desbaratamento de uma quadrilha de fraudadores contra o INSS, atuante na região de Santa Luzia do Tide/MA e Santa Inês/MA, com a participação de um ex-servidor da autarquia previdenciária, já demitido, responsável pela habilitação e concessão indevida de benefícios previdenciários; de dirigentes de sindicatos dos trabalhadores rurais, a quem cabia a montagem dos “processos” de requerimento de benefício com documentação adulterada; e de terceiros colaboradores, que auxiliavam os despachantes no aliciamento de segurados e na falsificação documental.

AÇÃO Nº: 40 GRADE DE PAPEL II – BA
DATA: 27/08/13
Prisões Outros 2
Busca e Apreensão – Outros 2
Prejuízo Estimado 50.617,00
HISTÓRICO
A Polícia Federal realizou no dia (27/8/2013), na cidade de Feira de Santana/BA, a Operação Grade de Papel II, resultado do trabalho da Força Tarefa Previdenciária, composta pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal.
MODUS OPERANDI
Concessão de Auxílio Reclusão com a utilização de Certidão de Nascimento dos dependentes e Atestados de Reclusão falsos.

AÇÃO Nº: 41 PRISÃO EM FLAGRANTE – AL
DATA: 04/09/13
Prisões Outros 01/01/00
HISTÓRICO
Na tarde do dia 04/09/2013, um senhor foi preso na Agência da Previdência Social em Arapiraca/AL quando tentava transferir benefício previdenciário assistencial, utilizando documentação falsa, com nome fictício.
MODUS OPERANDI
Utilização de documentação falsa para fraudar a Previdência Social.

AÇÃO Nº: 42 TÊMIS – BA
DATA: 11/09/13
Prisões Outros 1
Busca e Apreensão – Outros 7
Prejuízo Estimado 1.277.854,00
HISTÓRICO
Na manhã desta terça-feira (11/09/2013), a Polícia Federal, com o apoio do Setor de Inteligência do Ministério da Previdência Social e da Gerência Executiva do INSS em Barreiras, deflagrou a Operação Têmis, que tinha o objetivo de desarticular grupo criminoso que agia na região Oeste do Estado da Bahia praticando fraudes na obtenção de benefícios previdenciários.
MODUS OPERANDI
Com a colaboração de serventuários do Cartório de Registro Civil com funções Notariais de Canápolis, obtinham Certidões de Casamento ideologicamente falsas, que eram utilizadas nos requerimentos de concessão de benefícios previdenciários, sempre da lavra de escritório de advocacia ligado ao grupo, e cujos procedimentos tramitavam nas Agencias de Previdência Social de Santana e de Barreiras.

AÇÃO Nº: 43 FALSO CHICO – PB
DATA: 11/09/13
Prisões servidores 1
Prisões outros 3
Busca e Apreensão – servidores 1
Busca e Apreensão – Outros 8
Prejuízo Estimado 725.250,00
HISTÓRICO
Na data de hoje 11/9/2013, a Força Tarefa Previdenciária, composta pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e MPF, deflagrou no Estado da Paraíba a OPERAÇÃO FALSO CHICO que desarticulou uma quadrilha especializada na concessão fraudulenta de benefícios previdenciários, através de utilização de documentos falsos.
MODUS OPERANDI
Falsificação de Carteiras de Identidade do Estado da Paraíba. De posse destes RGs falsos, a quadrilha consegue os demais documentos necessários para a obtenção fraudulenta de benefícios previdenciários.

AÇÃO Nº: 44 PRISÃO EM FLAGRANTE – BA
DATA: 18/09/13
Prisões Outros 1
HISTÓRICO
Foi presa na manhã de ontem, 18/09/2013, na Agência da Previdência Social – Mercês, em Salvador/BA, uma senhora que tentava obter benefício previdenciário de forma fraudulenta.
MODUS OPERANDI
Tentativa de forjar doença psiquiátrica.

AÇÃO Nº: 45 CORREDEIRA – SP
DATA: 26/09/13
Busca e Apreensão – Outros 5
Prejuízo Estimado 3.858.854,39
HISTÓRICO
A Polícia Federal desencadeou nesta quinta-feira (26/09/2013) a Operação Corredeira, resultado do trabalho da Força Tarefa Previdenciária, composta pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal, em Campinas (SP). A investigação analisou ação de um escritório que apresentava documentos falsos para obtenção de benefícios previdenciários.
MODUS OPERANDI
Segundo as investigações, os intermediadores, ao requererem os benefícios ao INSS, apresentavam declarações falsas de composição de renda e grupo familiar, bem como de deficiência física, a fim de confirmar os requisitos necessários à concessão de benefícios assistenciais a pessoas deficientes e a idosos.
*
AÇÃO Nº: 46 PRISÃO EM FLAGRANTE – RO
DATA: 26/09/13
Prisões Outros 1
HISTÓRICO
Foi presa no dia, 26/09/2013, na Agência da Previdência Social Porto Velho/RO, uma senhora que tentava obter benefício previdenciário de forma fraudulenta. Na ocasião, ela estava de posse de 03 (três) Atestados médicos falsos.
MODUS OPERANDI
Falsificação de documentos para fraudar a Previdência Social.
*
AÇÃO Nº: 47 NEPOTE – SP
DATA: 27/09/13
Busca e Apreensão – Outros 4
Prejuízo Estimado 250.000,00
HISTÓRICO
A Polícia Federal realizou hoje (27/9/2013), em São Paulo/SP, a Operação Nepote, resultado do trabalho da Força Tarefa Previdenciária composta pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal.
MODUS OPERANDI
As fraudes tinham como característica a inserção de vínculos trabalhistas fraudulentos, bem como, a utilização de declarações de renda ou grupo familiar ideologicamente falsas.

AÇÃO Nº: 48 PRISÃO EM FLAGRANTE – AL
DATA: 02/10/13
Prisões Outros 1
HISTÓRICO
No dia 2/10/2013 foi efetuada a prisão de uma senhora na Agência da Previdência Social em ARAPIRACA/AL quando ela tentava transferir um Benefício de Amparo Assistencial ao Idoso em manutenção.
MODUS OPERANDI
Utilização de documentos falsos para fraudar a Previdência Social.

AÇÃO Nº: 49 MANDADO DE BUSCA E APREENSÃO – DF
DATA: 03/10/13
Busca e Apreensão – Outros 1
HISTÓRICO
Na data de hoje (3/10/2013), a Força Tarefa Previdenciária, de Brasília – DF, composta pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal, executou cumprimento de um Mandado de Busca e Apreensão com o objetivo de encontrar materiais e documentos que eram utilizados para dar suporte a fraudes previdenciárias junto ao Instituto Nacional do Seguro Social – INSS.
MODUS OPERANDI
Utilização de documentos falsos para realizar fraudes contra a Previdência Social.
*
AÇÃO Nº: 50 PRISÕES EM FLAGRANTE – BA
DATA: 03/10/13
Prisões Outros 2
HISTÓRICO
A Delegacia de Repressão aos Crimes Previdenciários realizou no dia 3/10/2013, a prisão em flagrante delito de duas pessoas, em virtude do uso de documentos falsos (Certidão de Nascimento e RG), perante a Agência da Previdência Social de Lauro de Freitas/BA, no intuito de obter o Benefício Assistencial ao Idoso, da Lei Orgânica da Assistência de Assistência Social- Loas.
MODUS OPERANDI
Falsificação de documentos para fraudar a Previdência Social.

AÇÃO Nº: 51 PRISÃO EM FLAGRANTE – BA
DATA: 10/10/13
Prejuízo Estimado 70.000,00
Prisões Outros 1
HISTÓRICO
Em trabalho conjunto realizado entre a Polícia Civil do Estado da Bahia e servidores do Ministério da Previdência Social do respectivo estado foi efetuada no dia 10/10/2013, na cidade de Cândido Sales – BA, a prisão em flagrante de uma pessoa portando documentos falsificados.
MODUS OPERANDI
Falsificação de documentos para realizar fraudes contra a Previdência Social.
*
AÇÃO Nº: 52 PRISÃO EM FLAGRANTE – DF
DATA: 17/10/13
Prisões Servidores 1
HISTÓRICO
O Ministério da Previdência Social em parceria com a Delegacia de Repressão a Crimes Previdenciários – DELEPREV-DF realizou nesta quinta-feira (17/10/2013) a prisão em flagrante de um servidor do MPS por furto de material de expediente.
MODUS OPERANDI
O servidor, ao retirar material do setor de almoxarifado e transferir para o seu setor, desviava parte do mesmo o qual era vendido a uma empresa de comércio de artigos de papelaria no Distrito Federal.
*
AÇÃO Nº: 53 RAVEL – PB
DATA: 22/10/13
Busca e Apreensão – Servidores 1
Prejuízo Estimado 89.913,64
HISTÓRICO
Na data de hoje, 22/10/2013, a Força Tarefa Previdenciária no Estado da Paraíba, formada pela Polícia Federal, o Ministério da Previdência Social e o Ministério Público Federal, deflagrou a OPERAÇÃO RAVEL, com o intuito de desarticular um esquema de concessão fraudulenta de benefícios previdenciários
MODUS OPERANDI
Concessão de laudos médicos falsos para possibilitar o deferimento indevido de benefícios previdenciários por incapacidade.

AÇÃO Nº: 54 BLOKK – CE
DATA: 31/10/13
Prisões Servidores 1
Prisões Outros 2
Busca e Apreensão – Servidores 8
Busca e Apreensão – Outros 7
Prejuízo Estimado 800.000,00
HISTÓRICO
A Força Tarefa Previdenciária no Estado do Ceará, composta pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal, deflagrou, nesta quinta-feira (31/10/2013), a Operação (BLOKK), para o cumprimento de mandados judiciais expedidos pela Justiça Federal em Limoeiro do Norte/CE requeridos pela Polícia Federal.
MODUS OPERANDI
Inserção de vínculos laborais inexistentes no cadastro Nacional de Informações Sociais – CNIS e Declarações de Exercício de Atividade Rural Sindicato ideologicamente falsas.

AÇÃO Nº: 55 MAUMAU – RJ
DATA: 01/11/13
Busca e Apreensão – Outros 2
Prisões Outros 3
Prejuízo Estimado 409.351,83
HISTÓRICO
A Força Tarefa Previdenciária deflagrou, na última sexta-feira (1º/11/2013), a Operação Maumau, para desarticular um grupo criminoso que atuava na obtenção de benefícios previdenciários por Incapacidade de forma fraudulenta. As investigações tiveram início em 2012 revelando que os alvos atuavam na Região de Magé, Nova Iguaçu e Rio de Janeiro.
MODUS OPERANDI
A fraude caracterizava-se pela obtenção de documentos médicos (atestados, receituário, laudos, etc.) nos quais eram apostos carimbos falsificados de médicos e preenchidos com os dados e suposta patologia de pessoas ligadas à quadrilha que, utilizando-se dessa documentação fraudulenta, requeriam benefícios previdenciários por incapacidade junto ao INSS.
*
AÇÃO Nº: 56 PRISÃO EM FLAGRANTE – BA
DATA: 01/11/13
Prisões Outros 1
HISTÓRICO
A partir de trabalho conjunto realizado pela Polícia Federal do Estado da Bahia e o Ministério da Previdência, foi efetuada no dia 01/11/2013, na cidade de Salvador – BA, a prisão em flagrante de uma pessoa portando documentos falsificados.
MODUS OPERANDI
Falsificação de documentos.