FORÇA-TAREFA

Investigadores apreendem documentos em agências da Previdência no Amapá

Publicado: 29/08/2019 18:34
Última modificação: 29/08/2019 18:34
Suspeita é de que grupo atuava para receber auxílios-reclusão fraudulentos

A Força-Tarefa Previdenciária no Amapá cumpriu, nesta quinta-feira (29), cinco mandados de busca e apreensão em Agências da Previdência Social (APS) nas cidades de Macapá, Santana, Amapá, Porto Grande e Laranjal do Jari. É a quinta fase da Operação Ex Tunc no Amapá, que apura fraudes na concessão de benefícios de auxílio-reclusão no estado.

Os investigadores apreenderam 59 processos de concessão de benefícios com indícios de fraudes por utilização de documentos falsos.

Os suspeitos poderão responder pelos crimes de estelionato majorado contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), de falsificação e uso de documentos falsos e de organização criminosa. Se condenados, poderão cumprir pena de até 21 anos de reclusão.

 

Voltar para o topo