COMBATE ÀS FRAUDES

Duas pessoas presas em flagrante em agência bancária de Pernambuco

Publicado: 15/08/2019 17:03
Última modificação: 16/08/2019 11:34
Fraudadores tentavam sacar Benefício de Prestação Continuada (BPC/LOAS)

Duas pessoas foram presas em flagrante ao tentar sacar mais de R$ 11 mil referentes ao pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC) para idosos, o chamado Amparo Social ao Idoso da Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS). As prisões ocorreram na última quarta-feira (14), em uma agência do Banco Bradesco no município de Escada, em Pernambuco.

No momento do saque, funcionários da agência bancária acharam a ação suspeita e entraram em contato com a Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista (CGINT) da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, em Pernambuco, solicitando informações sobre a regularidade do benefício. A inteligência previdenciária constatou que o documento de identificação divergia do anexado ao requerimento do benefício.

O suposto beneficiário acabou admitindo para a polícia e para o gerente do banco que não era o titular do benefício. Seu cúmplice afirmou que só falaria na Justiça.

Segundo levantamentos realizados pela CGINT, a ação possibilitou, em princípio, uma economia de mais de R$ 193 mil, considerando a expectativa de vida na idade atual do beneficiário, conforme tabela de mortalidade do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE/2016), em pagamentos futuros que seriam realizados ao suposto beneficiário.

 

Informações para a imprensa
Assessoria de Comunicação
(61) 2021-5109
Secretaria Especial de Previdência e Trabalho
Voltar para o topo