FORÇA-TAREFA

Despachante causa prejuízo de R$ 6 milhões ao INSS

Publicado: 05/08/2019 09:08
Última modificação: 05/08/2019 09:08
Acusado inseria dados falsos em sistema previdenciário, com a ajuda de dois escritórios de contabilidade de Porto Alegre

A Força-Tarefa Previdenciária deflagrou a operação Utopia, na última sexta-feira (2), em Porto Alegre (RS), com o objetivo de combater fraudes cometidas por um despachante previdenciário. Durante a ação, foi cumprido um mandado de busca e apreensão na capital gaúcha.

As investigações constataram que foram feitas diversas inclusões de vínculos laborais falsos no Cadastro Nacional de Informações (CNIS) por dois escritórios de contabilidade. Foi apurado que essas inserções fraudulentas foram orquestradas pelo despachante previdenciário. Com esses vínculos, foram concedidos e pagos vários benefícios previdenciários indevidos.

A estimativa é que a ação do despachante tenha causado prejuízo de aproximadamente R$ 6 milhões aos cofres do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

No entanto, a economia alcançada com a desarticulação do esquema criminoso pode chegar a R$ 10,9 milhões, em valores que continuariam sendo pagos aos supostos beneficiários, considerando a expectativa de sobrevida média da população brasileira, segundo o IBGE.

Os envolvidos responderão pelos crimes de inserção de dados falsos em sistema de informação e estelionato.

A operação recebeu o nome de Utopia em alusão à fantasia de seu significado, muito distante da realidade, como é o caso dos vínculos falsos apurados.

 

Voltar para o topo