COMBATE ÀS FRAUDES

Força-Tarefa Previdenciária cumpre mandados em Vila Velha (ES)

Publicado: 17/07/2019 11:07
Última modificação: 17/07/2019 11:07
Terceira fase de operação busca acabar com organização criminosa que fraudava BPC/LOAS

A Força-Tarefa Previdenciária cumpriu, na manhã desta quarta-feira (17), quatro mandados de busca e apreensão em Vila Velha (ES), com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que fraudava benefícios assistenciais no estado capixaba e na Bahia. Além do mandado, a Justiça Federal de Vitória (ES) também expediu ordens de sequestro de bens móveis e imóveis dos envolvidos.

A operação de hoje é a terceira fase de investigação que descobriu a prática de fraudes contra o sistema previdenciário. Os criminosos utilizavam documentos falsos para criar pessoas fictícias, com o objetivo de sacar Benefícios de Prestação Continuada (BPC) da Lei Orgânica da Assistência Social (LOAS).

Durante essa terceira fase, a Força-Tarefa Previdenciária não registrou prejuízo aos cofres públicos. Porém, na segunda fase, deflagrada em junho deste ano, o prejuízo identificado com a atuação da organização criminosa chegou a R$ 6,3 milhões em benefícios já pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Os acusados responderão pelos crimes de uso de documento falso, falsidade ideológica, falsificação de documento público, estelionato e organização criminosa.

A Operação Efígie contou com a participação de 14 policiais federais. Recebeu esse nome em alusão às pessoas fictícias criadas pela organização para o cometimento dos crimes contra o INSS.

Informações para a imprensa
Assessoria de Comunicação
(61) 2021-5109
Secretaria Especial de Previdência e Trabalho
Voltar para o topo