FORÇA-TAREFA

Ação desarticula quadrilha especializada em fraudar INSS

Publicado: 24/07/2018 12:56
Última modificação: 24/07/2018 13:03
Irregularidades ocorriam na concessão de auxílio-doença

Da Redação (Brasília) – A Força-Tarefa Previdenciária deflagrou, na manhã desta terça-feira (24), em Maceió (AL), a Operação Partenon, com o objetivo de desarticular associação criminosa especializada em fraudar o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Durante a ação, foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão nas residências e no escritório dos suspeitos e em uma Agência da Previdência Social.

A investigação teve início em 2015, por meio de denúncia encaminhada à Polícia Federal e à gerência executiva do INSS em Maceió, apontando irregularidades na concessão de auxílio-doença. A quadrilha utilizava pessoas em plena atividade laboral que conseguiam receber o benefício por incapacidade com a ajuda de um escritório de advocacia e a suposta participação de um servidor do INSS.

O prejuízo identificado até o momento é de pelo menos R$ 444 mil. No entanto, a desarticulação do esquema criminoso proporcionará uma economia anual estimada em mais de R$ 1,8 milhão aos cofres públicos.

A Operação Partenon faz alusão ao fato de um dos alvos ser descendente de grego. A ação contou com a participação de 30 policiais federais e de um servidor da Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda.

Força-Tarefa Previdenciária – Parceria entre a Secretaria de Previdência, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal que atua no combate a crimes contra o sistema previdenciário. Na Secretaria de Previdência, a Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária (COINP) é a área responsável por identificar e analisar distorções que envolvam indícios de fraudes estruturadas contra a Previdência.

A COINP conta com a parceria do Tribunal de Contas da União (TCU), do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União e da Advocacia-Geral da União (AGU), além do apoio do INSS.

Informações para a imprensa

Talita Lorena

(61) 2021-5109 e 2021-5009

ascom.mps@previdencia.gov.br

Secretaria de Previdência

Voltar para o topo