COMBATE ÀS FRAUDES: Força Tarefa deflagra segunda fase da Operação Mimetismo

Publicado: 26/06/2018 12:10
Última modificação: 26/06/2018 12:10

Criminosos fraudavam benefícios assistenciais ao idoso (BPC/LOAS) nos estados do Ceará e Pará

 

Da Redação (Brasília) – A Força-Tarefa Previdenciária deflagrou, na manhã desta terça-feira (26), no Ceará e no Pará, a Operação Mimetismo – 2ª FASE, com o objetivo de combater fraudes em benefícios de amparo social ao idoso (BPC/LOAS).  Durante a ação, foram cumpridos sete mandados judiciais, sendo quatro de busca e apreensão (um em Caucaia/CE e três em Belém/PA) e três mandados de prisão preventiva (dois no Estado do Pará e um no presídio, onde já se encontrava recolhido o chefe da organização criminosa).

As investigações, que se iniciaram em desdobramento da operação de mesmo nome deflagrada em 10 de janeiro deste ano. A partir de informações colhidas do material apreendido na primeira fase, foi constatado que 103 benefícios previdenciários haviam sido fraudados, e que 20 contas bancárias identificadas teriam movimentado valores decorrentes de pagamentos efetuados indevidamente pelo INSS.

Na primeira fase, foram identificados os demais membros da organização criminosa, que, na ocasião, tiveram suas prisões preventivas decretadas pelo Juízo da 32ª Vara Federal em razão do enorme poder lesivo à sociedade dos investigados, em face do prejuízo constatado estimado pelo menos R$ 7,6 milhões.

Além das prisões preventivas, foram sequestrados todos os valores existentes nas contas bancárias identificadas, bem como a Justiça Federal determinou o bloqueio dos 103 benefícios tidos como fraudulentos.

Os envolvidos responderão por estelionato previdenciário, falsificação de documentos, uso de documentos falsos, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

MIMETISMO, nome dado à primeira fase da Operação, remete à habilidade que alguns seres possuem de se camuflar para se esconder de seus predadores. A referência se dá ao fato de que o chefe da organização criminosa se utilizou de vários documentos falsos, mudanças de endereço, telefones em nomes de terceiros, entre outros, para fugir da Polícia Federal. Atualmente o chefe da organização criminosa encontra-se preso, desde a primeira fase da OPERAÇÃO MIMETISMO.

Força-Tarefa Previdenciária – Parceria integrada pela Secretaria de Previdência, Polícia Federal e Ministério Público Federal que atua no combate a crimes contra o sistema previdenciário.

Na Secretaria de Previdência, a Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária (COINP) é a área responsável por identificar e analisar distorções que envolvem indícios de fraudes estruturadas contra a Previdência.

 

Informações para a imprensa

Camilla Andrade

(61) 2021-5009 e 2021-5109

ascom.mps@previdencia.gov.br

Secretaria de Previdência