COMBATE ÀS FRAUDES: Operação em São Paulo descobre fraude previdenciária

Publicado: 22/05/2018 08:36
Última modificação: 22/05/2018 08:36

Ação evitou um prejuízo de R$ 5,3 milhões aos cofres públicos

 

Da Redação (Brasília) – A Força-Tarefa Previdenciária deflagrou nesta terça-feira (22) operação com o cumprimento de 17 mandados de busca e apreensão, sendo dois deles com prisão temporária decretada por cinco dias, em decisão expedida pela 1ª. Vara Federal de Sorocaba (SP). Os mandados serão cumpridos na região de Sorocaba, Campinas e Camboriú.

Para fraudar a Previdência, os criminosos criavam vínculos empregatícios fictícios e extemporâneos com empresas inativas. Essas informações eram transmitidas via sistema “SEFIP/Conectividade Social” – Guia de Recolhimento do FGTS e Informações para a Previdência Social (GFIP), para fins de obtenção de benefícios previdenciários.

As investigações tiveram origem a partir de levantamentos da Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária (COINP) da Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda. Após análise e cruzamento de várias informações, ficou evidente uma série de indícios de fraudes e identificação de seus respectivos autores.

Durante os levantamentos, realizados com apoio da Inteligência Previdenciária, foi apurado um rombo de aproximadamente R$ 3,6 milhões aos cofres públicos. O prejuízo poderia chegar a mais de R$ 5,3 milhões, considerando pagamentos futuros evitados que seriam realizados até a expectativa de vida dos supostos beneficiários

A operação recebeu o nome de Aquiles devido ao fato de que os fraudadores se utilizavam do ponto frágil dos sistemas informatizados do órgão previdenciário para perpetrar as fraudes.

Força-Tarefa Previdenciária – A parceria é integrada pela Secretaria de Previdência, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal, e atua no combate a crimes contra o sistema previdenciário. Na Secretaria de Previdência, a COINP é a área responsável por identificar e analisar distorções que envolvem indícios de fraudes estruturadas contra a Previdência.

 

Informações para a imprensa

Camilla Andrade

(61) 2021-5009 e 2021-5109

ascom.mps@previdencia.gov.br

Secretaria de Previdência

Voltar para o topo