COMBATE ÀS FRAUDES: Força-Tarefa desarticula esquema de fraudes de benefícios em Minas Gerais

Publicado: 03/05/2017 12:16
Última modificação: 03/05/2017 12:20

Investigação constatou fraudes em pelo menos 59 benefícios previdenciários

Da Redação (Brasília) – A Força-Tarefa Previdenciária desarticulou, nesta quarta-feira (3), uma quadrilha especializada em fraudar benefícios previdenciários no estado de Minas Gerais. A operação, denominada Conectividade, cumpriu quatro mandados de prisão –  três preventivas e uma temporária –, além de oito mandados de busca e apreensão nas cidades mineiras de Além Paraíba, Juiz de Fora, Resende e Nova Iguaçu.

A Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária (COINP) da Secretaria de Previdência iniciou as investigações a partir de denúncias recebidas contra um contador. A investigação constatou fraudes em pelo menos 59 benefícios previdenciários com valores médios de R$ 2.500, entre eles aposentadorias por tempo de contribuição, aposentadorias por idade e pensões por morte. Para obter os benefícios, o esquema criminoso, que atuava desde 2011, apresentava contribuições e vínculos laborais fictícios informados por meio de Guia de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social (GFIP) extemporâneas.

Segundo a Inteligência Previdenciária, a fraude gerou um prejuízo estimado em R$ 2.872.551,97 aos cofres da Previdência. Com a ação, a Força Tarefa Previdenciária conseguiu evitar um prejuízo ainda maior, de R$  32.866.663,47, em valores futuros que seriam pagos considerando a expectativa de vida do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A operação desta quarta-feira contou com a participação de 48 policiais federais e dois servidores da inteligência previdenciária da Secretaria de Previdência.  O nome Conectividade faz alusão ao canal eletrônico obrigatório para o envio de informações ao Fundo de Garantia de Tempo de Serviço e à Previdência Social (FGTS), para Caixa Econômica Federal, por meio de um agente operador do fundo e as empresas, escritórios de contabilidade, sindicatos, prefeituras e outros entes.

Força-Tarefa Previdenciária – A Força-Tarefa Previdenciária é uma parceria entre a Secretaria de Previdência, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal, que visa a combater crimes contra o sistema previdenciário. A Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária (COINP) da Secretaria de Previdência é a área responsável por identificar e analisar distorções que envolvem indícios de fraudes estruturadas contra a Previdência Social e encaminhá-las à Polícia Federal para investigação em regime de força-tarefa.

Informações para a Imprensa

Camilla Andrade

(61) 2021-5009 e 2021-5109

ascom.mps@previdencia.gov.br

Secretaria de Previdência