COMBATE ÀS FRAUDES: Três pessoas foram presas por tentativa de fraude

Publicado: 04/04/2017 13:51
Última modificação: 04/04/2017 16:29

Crime ocorreu em S. José do Rio Preto (SP); acusados tentavam obter benefício por incapacidade de forma ilícita

Da Redação (Brasília) – Três pessoas foram presas em flagrante, na manhã desta terça-feira (4), ao tentar obter benefício por incapacidade simulando a condição de deficiente. A prisão foi feita em Agência da Previdência Social de São José do Rio Preto (SP).

As investigações tiveram início no começo deste ano, iniciadas por denúncia analisada pela Coordenação-Geral de Inteligência Previdenciária (COINP) da Secretaria de Previdência, a partir da revisão de benefícios por incapacidade. Para tentar receber os benefícios, os criminosos se passavam por pessoas com deficiência e se revezavam entre doente e acompanhante. Ao se passar por doente, eles utilizavam cadeira de rodas e simulavam retardo mental, inclusive com atestado diagnosticando a doença psiquiátrica.

Como a ação foi deflagrada antes da concessão do benefício, não houve prejuízo financeiro aos cofres da Previdência. Mesmo assim, os criminosos irão responder por estelionato previdenciário.

Força-Tarefa Previdenciária – A Força-Tarefa Previdenciária é uma parceria entre a Secretaria de Previdência, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal, que visa a combater crimes contra o sistema previdenciário. A COINP é a área de inteligência responsável por identificar e analisar distorções que envolvem indícios de fraude estruturada contra a Previdência e encaminhá-las à Polícia Federal para investigação em regime de força-tarefa.

Informações para a imprensa

Camilla Andrade

(61) 2021-5009 e 2021-5109

ascom.mps@previdencia.gov.br

Secretaria de Previdência