CNP: Conselho debate a importância da educação financeira

Publicado: 30/03/2017 14:02
Última modificação: 30/03/2017 15:35

Público-alvo são beneficiários de baixa renda do INSS

Reunião do Conselho Nacional de Previdência. Foto: ASCOM

Da Redação (Brasília) – O Conselho Nacional de Previdência, que se reuniu na manhã desta quinta-feira (30), debateu a importância da educação financeira para beneficiários de baixa renda.

A apresentação foi feita pela coordenadora de Projetos da Associação de Educação Financeira do Brasil, Cláudia Donegá. Segundo o estudo, 32% dos aposentados de baixa renda, que ganham até dois salários mínimos, estão superendividados. “O objetivo não é só reduzir o endividamento desse público, mas, principalmente, prevenir essa situação”, comentou a coordenadora.

Durante a reunião do colegiado, o professor sênior da Universidade de São Paulo, Hélio Zylberstajn, apresentou o perfil e a evolução dos Microempreendedores individuais (MEI). Por fim, a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN) mostrou a importância da recuperação de créditos previdenciários por parte da União.

Na reunião também foi aprovado, por unanimidade, a redução dos juros do crédito consignado.

Informações para a Imprensa

(61) 2021-5009 e 2021-5109

ascom.mps@previdencia.gov.br

Secretaria de Previdência