SAÚDE E SEGURANÇA: Seminário avalia afastamentos por incapacidade no Brasil e na Itália

Publicado: 31/08/2016 12:55
Última modificação: 31/08/2016 12:55

Na abertura do evento, secretário Marcelo Caetano destacou a importância da cooperação internacional

O diretor do Departamento de Saúde e Segurança Ocupacional da Secretaria de Previdência, Marco Pérez, faz apresentação durante o evento. FOTO: Gustavo Ranieri/ASCOM Ministério da Fazenda

Da Redação (Brasília) – Afastamentos por incapacidade, a reinserção no trabalho e a diversidade entre os modelos dos dois países são o tema do seminário internacional “Gestão do afastamento por incapacidade: ações integradas entre Previdência Social e Saúde Pública no Brasil e na Itália”. O evento, que teve início nesta quarta-feira (31) e prossegue até amanhã, faz parte do Programa de Apoio aos Diálogos Setoriais União Europeia – Brasil.

Na abertura do evento, o secretário de Previdência, Marcelo Caetano, enfatizou a importância da troca de experiência em políticas públicas entre o Brasil e outros países: “Esse intercâmbio por meio de programas de cooperação internacional faz com que possamos aprender com nossos erros e acertos”.

Como o modelo previdenciário brasileiro se assemelha em muitos aspectos ao italiano, o seminário tem o objetivo de “influenciar positivamente a evolução das políticas previdenciárias no Brasil tendo em vista o modelo italiano”.

O diretor do Departamento de Saúde e Segurança Ocupacional da Secretaria de Previdência, Marco Pérez, tratou, na abertura, dos grandes números da Previdência brasileira e o seu papel na distribuição de renda. “O foco do seminário será o auxílio-doença, um benefício por incapacidade temporário”, observou.

Na tarde de hoje, o consultor italiano contratado pela União Europeia, Michele Squeglia, professor de Direito Previdenciário da Universidade de Milão, fará uma exposição sobre o modelo italiano de gestão pública do afastamento por incapacidade e as ações integradas entre Previdência Social e Saúde Pública.

Na manhã desta quinta-feira, o professor Squeglia apresentará suas impressões sobre o sistema brasileiro de gestão de benefícios por incapacidade. Ao final do encontro será elaborado um relatório que reunirá os resultado da cooperação técnica entre Brasil e Itália.

Em casos de afastamentos do trabalho, inclusive os decorrentes de acidente, a Previdência brasileira assegura aos seus beneficiários incapacitados para o trabalho os meios indispensáveis à manutenção de sua subsistência por meio dos seguintes benefícios: auxílio doença, auxílio-acidente e aposentadoria por invalidez.

“Seminário Internacional – Gestão do afastamento por incapacidade: ações integradas entre Previdência Social e Saúde Pública no Brasil e na Itália”

Local – Auditório da Secretaria de Previdência (Esplanada dos Ministérios, Bloco F, térreo)

Horário – dia 31/8, das 9h às 17h; dia 1o/9, das 9h às 12h

Informações para a Imprensa

(61) 2021-5009 e 2021-5109

ascom.mps@previdencia.gov.br

Secretaria de Previdência

Voltar para o topo