SP: INSS procura imóvel para locação na zona sul de São Paulo

Publicado: 29/02/2016 16:22
Última modificação: 29/02/2016 16:22

Proprietários têm até dia 18 de março para entregar propostas

De São Paulo (SP) – O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está à procura de imóvel em São Paulo (SP), para mudança de endereço de uma de suas unidades. O imóvel deve estar situado em algum dos seguintes bairros da zona sul da capital paulista: Campo Grande, Santo Amaro ou Campo Belo. A locação será feita pelo prazo de 60 meses, prorrogáveis por igual período.

Os proprietários interessados podem entregar proposta até as 16h do dia 18 de março, na Seção de Logística, Licitações e Contratos e Engenharia da Gerência Executiva São Paulo-Sul, que fica na Rua Santa Cruz, 747, 2.º subsolo. No local também é possível obter mais informações e esclarecer dúvidas, além de ter acesso ao modelo de contrato de locação.

Características do imóvel – O INSS necessita de um imóvel que tenha área construída de no mínimo 1,1 mil m2 e no máximo 1,5 mil m2. Entre outras condições, o imóvel deve estar adequado às normas de acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida, possuir estrutura em boas condições gerais e redes elétrica e hidráulica em perfeito estado de conservação. Além disso, deve contar com facilidade de acesso por transporte público e ficar próximo à rede bancária.

As propostas devem conter, além do prazo de validade de no mínimo 60 dias, os seguintes dados: endereço, descrição minuciosa da área física e das instalações existentes e o valor da locação mensal. Devem ser anexados croqui ou planta baixa do imóvel e cópias da documentação dominial e dos documentos de identificação do proprietário. Também é necessário apresentar declaração de não existência de débitos, informações sobre a existência de equipamentos de prevenção contra incêndio e certificado do Corpo de Bombeiros.

Escolha da proposta – O INSS reserva-se o direito de desconsiderar propostas que não atendam às exigências e de optar pelo imóvel que melhor atender às suas necessidades. O proponente cujo imóvel seja escolhido deverá apresentar RG e CPF, no caso de pessoa física, ou CNPJ e contrato social, no caso de empresa, comprovante de residência e declaração de inexistência de débitos relativos ao imóvel. Será exigida também situação regular no Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedor (Sicaf) e no Cadastro informativo de créditos não quitados do setor público federal (Cadin).

Informações para a imprensa:

Priscila Bernardes

(11) 3544-3566

(ACS/SP)