PR: Servidores auxiliam na análise do seguro-defeso

Publicado: 25/02/2016 18:59
Última modificação: 25/02/2016 18:59

Expectativa da GEX Curitiba com o período de defeso do camarão branco e sete barbas é receber um total de três mil requerimentos

De Curitiba (PR) – Servidores da área suporte da Gerência Executiva (GEX) do INSS em Curitiba/PR estão auxiliando na análise e liberação dos requerimentos do seguro desemprego do pescador artesanal, conhecido como seguro-defeso. Com o início do período de defeso do camarão branco, em dezembro do ano passado, a expectativa é receber 1,5 mil pedidos do benefício para pescadores de Paranaguá e região. Essa é a primeira vez que a GEX recepciona esses processos.

Em razão de um acordo de cooperação técnica, as Colônias de Pescadores estão recebendo os requerimentos de seguro-defeso dos seus filiados e encaminhando ao INSS para a análise do direito. Em março deverá iniciar um novo período de defeso do camarão sete barbas e a expectativa é de receber outros 1,5 mil processos.

Para atender esta demanda, servidores do Serviço de Atendimento (SEAT) e Serviço de Administração foram treinados no laboratório da GEX.  Outros setores, como o gabinete, Comunicação Social e Divisão de Benefícios, também foram mobilizados. Atualmente, há 15 servidores da chamada linha meio fazendo a liberação dos requerimentos.

De acordo com a chefe da Divisão de Benefícios, Lilian Scannes, o Serviço de Administração de Informações de Segurados (SAIS) está totalmente voltado para a análise desses processos. Apesar dos pedidos se concentrarem na APS Paranaguá, o seguro-defeso pode ser requerido em qualquer Agência da Previdência Social (APS). De acordo com Scannes, ao fazer a análise e liberação desses benefícios na área suporte, as APS têm mais liberdade para continuar atendendo o grande volume de segurados que diariamente procuram as unidades em busca de outros serviços ou benefícios.

Informações para a imprensa:

Daniela Dalbosco

(41) 3616-9304

(41) 3616-9366

(ACS/PR)