CISS: Envelhecimento impõe desafios aos países das Américas

Publicado: 05/11/2015 10:26
Última modificação: 05/11/2015 14:46

Conferência Interamericana discute, em São Paulo, a proteção social no século XXI

Especialistas de vários países das Américas discutem, em São Paulo, desafios da seguridade social. Foto: Erasmo Salomão/MTPS

Especialistas de vários países das Américas discutem, em São Paulo, desafios da seguridade social. Foto: Erasmo Salomão/MTPS

De São Paulo (SP) – Nos países das Américas, região da Conferência Interamericana de Seguridade Social (CISS), há uma tendência de envelhecimento da população. Some-se a isso o fato de que seis em cada 10 trabalhadores não contam com a proteção da seguridade social. Os níveis de informalidade, desemprego, especialmente entre os mais jovens, a desigualdade no trabalho entre homens e mulheres e as mudanças demográficas constituem desafios adicionais.

Estas questões estão em pauta na Reunião de Alto Nível sobre Envelhecimento e Economia Preventiva, que começa nesta quinta-feira (5), no Hotel Panamby, em São Paulo. O evento, organizado pela CISS e o Ministério do Trabalho e Previdência Social, reúne especialistas de vários países das três Américas para discutir os desafios da seguridade social a partir do ponto de vista da Economia Preventiva.

A economia preventiva é um conceito que busca criar, implantar e avaliar políticas públicas, especialmente no âmbito da proteção social, levando em conta diversas áreas do conhecimento tecnológico e científico (natural e social) para prevenir e antecipar riscos nas sociedades modernas, assim como propor soluções de curto, médio e longo prazo, caso os riscos se materializem.

O primeiro tema, nesta manhã, é “Envelhecimento, mercado de trabalho e pensões: desafios e respostas políticas a partir da Economia Preventiva”. Nesta mesa, coordenada por Carmem Pagés, do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), os participantes apresentarão suas experiências para abordar essas realidades com políticas públicas transversais que foquem na raiz dos problemas.

O segundo ponto, coordenado por Francisco Becerra, da Organização Pan-americana de Saúde, no dia de hoje, será “Doenças não transmissíveis: desafios da proteção social no século XXI e intervenções de Políticas Públicas a partir da Economia Preventiva”, segundo a constatação de que, na região americana, três quartos das mortes estão associadas a doenças não transmissíveis, que representam enormes custos sociais e econômicos.

A reunião prossegue nesta sexta-feira debatendo “Proteção Social e Economia Preventiva: novos rumos nas politicas publicas”. Também será realizada Assembleia Geral Extraordinária da CISS.

Evento: Reunião de Alto Nível sobre Envelhecimento e Economia Preventiva e Assembleia Geral Extraordinária da Conferência Interamericana de Seguridade Social (CISS)

Data: 5 de novembro (quinta) e 6 de novembro (sexta), das 9h às 18h

Local: Hotel Panamby – Av. Ordem e Progresso, 115 – Barra Funda, São Paulo (SP), Tel. (11) 3103-0500

Informações: Ascom – Previdência Social: (61) 2021 5009 e 2021 5109

 

Leia também: CISS: Conferência Interamericana debate envelhecimento e economia preventiva