COMBATE À FRAUDE: Homem é preso em flagrante após sacar benefício fraudulento

Publicado: 15/09/2015 10:12
Última modificação: 15/09/2015 10:12

Prisão aconteceu na tarde desta segunda (14) , no Gama (DF)

 

Da Redação (Brasília) – Um homem foi preso em flagrante numa agência bancária do Gama (DF), no fim da tarde da última segunda-feira (14), após fazer o saque de uma pensão por morte fraudulenta. O valor do benefício era de R$ 3.805,66, montante superior à média das pensões pagas em todo o Brasil, que é de R$ 950.

A prisão foi um trabalho conjunto entre Polícia Militar do Distrito Federal e Assessoria de Pesquisa Estratégica e Gerenciamento de Riscos (APEGR), do Ministério da Previdência Social. As investigações apontam que a pensão por morte foi concedida com a utilização de documentação falsa.

Somente com esse caso, foi estimado um prejuízo de aproximadamente R$ 490 mil. No entanto, ao considerar a expectativa de sobrevida do beneficiário, conforme tabela do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o prejuízo evitado com futuros pagamentos poderia chegar a R$ 1,1 milhão.

Qualquer pessoa que tiver conhecimento de ações que possam caracterizar uma fraude contra a Previdência Social deve fazer uma denúncia pelo telefone 135. A ligação é gratuita de telefone fixo e tem custo de ligação local se feita por celular. O cidadão não terá a sua identidade divulgada. (Ascom/MPS)