ATENDIMENTO: Município de Portão/RS recebe Agência da Previdência Social

Publicado: 08/12/2014 15:30
Última modificação: 03/09/2015 14:22

A nova unidade irá injetar, mensalmente, R$ 5,9 milhões na economia local

População de Portão/RS ganha nova Unidade da Previdência Social

População de Portão/RS ganha nova Unidade da Previdência Social

De Porto Alegre (RS) – Começou a funcionar hoje(8) a nova Agência da Previdência Social  no município de Portão. A agência foi entregue à população na última sexta-feira e irá beneficiar mais de 31 mil habitantes. A nova unidade está localizada na Rua Rondônia, 233 e é subordinada à Gerência-Executiva do INSS em Novo Hamburgo.

Construído em terreno doado pela prefeitura, o moderno prédio de 350 m², conta  com quatro guichês de atendimento e duas salas de perícia médica. A nova unidade possui ainda detector de metais, rampa de acesso, identificação em braile e quatro banheiros destinados ao público, sendo dois adaptados para pessoas com deficiência e um deles com fraldário.  Para sua construção, a Previdência investiu, aproximadamente, R$ 1,3 milhão.

A Agência Portão vai movimentar, em média, R$ 5,9 milhões mensais com o pagamento de 6,3 mil benefícios aos segurados da região. O atendimento à população será de segunda a sexta-feira, no horário de 8h às 14h e a unidade está preparada para prestar todos os serviços previdenciários com mais conforto e agilidade.

O município de Portão contava com uma Unidade de Atendimento PREVcidade – instalada em parceria com a prefeitura em localidade onde não existe atendimento da Previdência Social, desde 2005.  Segundo a gerente-executiva do INSS em Novo Hamburgo,  Neusa Tarouco Corrêa, agora os cidadãos podem contar com todos os serviços da Previdência Social.  “Quase uma década depois, nossa atuação se torna, certamente, mais intensa e mais eficaz, pois agora oferecemos ao município uma moderna Agência da Previdência Social”, ressaltou.

A Agência da Previdência Social Portão faz parte do plano de expansão da rede de atendimento  que prevê a construção de 720 novas unidades em todo o país. Essas unidade são construídas em cidades com mais de 20 mil habitantes, que não tenham unidades fixas do INSS. O objetivo é facilitar o acesso da população aos benefícios da Previdência Social . (ACS/RS)