AM: INSS orienta índios agentes de saúde em São Gabriel da Cachoeira

Publicado: 29/04/2014 19:09
Última modificação: 29/10/2014 18:39

A intenção é  levar, por meio dos AIS, informações previdenciárias a aldeias isoladas

 

Atendendo convite da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a Gerente da Agência da Previdência Social de São Gabriel da Cachoeira (AM), Mônica Lima,  participa nesta  quarta-feira (30), às 08h00, do módulo Políticas Públicas do Curso Técnico de Agentes Comunitários Indígenas de Saúde (AIS),  promovido pela  Fundação, com o objetivo de  garantir a elevação da escolaridade e a formação técnica profissional dos  AIS,  do Alto Rio Negro.

 

O Curso Técnico de Agentes Comunitários Indígenas de Saúde  reúne 76 AIS  representantes de etnias diversas, residentes em comunidades  da área de atuação e abrangência do Distrito Sanitário Especial Indígena do Alto Rio Negro/ DSEI / SESAI. O módulo que contará com a participação do INSS   acontecerá no auditório do Instituto Leônidas e Maria Deane, no centro  do município localizado a 852 quilômetros  de Manaus.

 

Voltado para os agentes de saúde contratados pelo  DSEI / SESAI,  a fim de assegurar que estes permaneçam trabalhando em suas comunidades,  o curso está sendo realizado  pelo Instituto Leônidas e Maria Deane, da Fiocruz,  em parceria com  a Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio,  a Prefeitura Municipal de São Gabriel da Cachoeira e  Secretaria Estadual de Educação – SEDUC e o próprio DSEI/SESAI.

 

A participação da representante do INSS se dará no espaço dedicado à reflexão sobre as políticas inclusivas e estratégias para melhorar o acesso a elas. Por meio de palestra, Mônica Lima vai  expor sobre os benefícios sociais destinados aos povos indígenas,  regras e normas para requerimento dos benefícios, prazos para solicitação e  implementação e, ainda,  levar informações complementares sobre o funcionamento da Previdência Social.

 

A intenção do INSS é capacitar o agente de saúde para que ele possa se transformar em multiplicador em sua comunidade, capaz de levar informações previdenciárias às aldeias indígenas localizadas no Rio Negro Acima; Baixo Rio Içana , Rio Xié, Rio Negro Baixo, Rio Médio e Alto Içana, Baixo Rio Waupés e Rio Tiquie, Médio e Alto Rio Waupés e, ainda, nos municípios de Santa Isabel do Rio Negro e Barcelos. (SCS/AM).