INTERNACIONAL: Brasil e Suíça concluem texto de acordo previdenciário

Publicado: 06/12/2013 17:24
Última modificação: 06/12/2013 17:24

 

Delegações do Brasil e da Suíça responsáveis pela negociação do acordo previdenciário entre os dois países

Delegações do Brasil e da Suíça responsáveis pela negociação do acordo previdenciário. Foto: Anderson Ueslei

 Da Redação (Brasília) – Texto de futuro Acordo de Previdência Social entre o Brasil e a Suíça foi concluído pelas delegações dos dois países nesta sexta-feira (6), no Ministério da Previdência Social, em Brasília. Com a entrada em vigor do acordo, serão beneficiados mais de 57 mil brasileiros que residem na Suíça, além dos cidadãos suíços que contribuem no Brasil.

A totalização do tempo de contribuição é o principal objeto do acordo: trabalhadores suíços e brasileiros poderão incluir, no cálculo das aposentadorias concedidas em um país, o tempo que contribuíram no outro. As negociações iniciadas na segunda-feira (2) dão continuidade às que tiveram início em Berna, capital suíça.

Foram acertados também os primeiros artigos do ajuste administrativo, acordo complementar essencial à operacionalização do acordo. Em reuniões futuras, ainda sem datas definidas, as delegações dos dois países concluirão o texto do ajuste administrativo e assinarão ambos os documentos.

A delegação brasileira que negociou o acordo foi chefiada pelo diretor do Regime Geral de Previdência Social, Rogério Nagamine Costanzi. Quando da negociação do ajuste administrativo, a chefia ficou a cargo do diretor de Benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Benedito Adalberto Brunca. O diretor da Divisão de Assuntos Internacionais do Instituto Federal de Seguros Sociais da Confederação Suíça, Stephan Cueni, comandou a missão suíça. (Rafael Toscano)