ATENDIMENTO: Canguaretama (RN) e Pinhão (PR) ganham agências da Previdência Social

Publicado: 06/12/2013 18:36
Última modificação: 29/10/2014 18:57

 

À frente do Ministério da Previdência Social há quase três anos, o ministro Garibaldi Alves Filho participou da entrega de 70 das 297 agências do Plano de Expansão da Rede de Atendimento (PEX) inauguradas no período. Na noite dessa sexta-feira (6), ele esteve em Canguaretama (RN) descerrando a placa inaugural da APS local. Na segunda-feira (9) à tarde, o ministro vai até Pinhão, no Paraná, celebrar com a população o início do atendimento previdenciário naquele município. Canguaretamenses e pinhãoenses não precisarão mais se deslocar até municípios vizinhos para requerer direitos como aposentadoria, pensão e salário-maternidade.

Para ter acesso aos benefícios previdenciários, a população de Canguaretama precisava viajar 60 quilômetros até a agência mais próxima, no município de Parnamirim. A unidade entregue pelo ministro na sexta-feira ficará à disposição não apenas dos habitantes do município, mas também dos moradores das cidades vizinhas de Baía Formosa, Pedro Velho e Vila Flor, totalizando quase 60 mil beneficiários. Ela será responsável pelo pagamento de 8.030 benefícios, movimentando um repasse de R$ 4,9 milhões para a economia do município.

“Em 2012, os repasses realizados pela Previdência Social para o pagamento de benefícios em Canguaretama chegou a R$ 38,4 milhões, valor três vezes superior ao repasse realizado pelo Tesouro Nacional por meio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) que, naquele ano, foi de R$ 12,9 milhões”, comparou o ministro Garibaldi Alves Filho. Atualmente, o volume de repasses da Previdência é superior ao dinheiro depositado a título de FPM em 66% das cidades brasileiras.

RN – Incluindo Canguaretama, que abrirá suas portas para a população a partir da segunda-feira (9), o Rio Grande do Norte passa a contar com 35 agências da Previdência Social. Desse total, 13 foram entregues a partir de 2011. Nove delas foram construídas em cidades que não dispunham de unidades previdenciárias: Touros, Baraúna, Nova Cruz, Extremoz, Monte Alegre, Canguaretama, Caraúbas, Jucurutu e Parelhas. As outras quatro substituíram prédios alugados em Mossoró, Angicos, Apodi e Patu.

Na próxima semana, dia 14, o ministro Garibaldi Alves Filho inaugura mais uma agência da Previdência no Rio Grande do Norte. A unidade será entregue no município de Macaíba. No próximo ano deverão ser concluídas pelo menos outras cinco obras que se encontram em andamento: novas agências de São Paulo do Potengi e Ceará-Mirim, o Centro de Documentação Previdenciária de Mossoró e a sede da Gerência Executiva do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) também em Mossoró. (Roberto Homem).