COMBATE ÀS FRAUDES: Força Tarefa Previdenciária cumpre mandados no TO e MA

Publicado: 24/04/2013 11:56
Última modificação: 24/04/2013 11:56

Quadrilha fraudava benefícios em nome da etnia Guajajara

Da Redação (Brasília)- A Força Tarefa Previdenciária, formada pelo Ministério da Previdência Social (MPS), pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela Polícia Federal (PF), deflagrou, na manhã desta quarta-feira (24), a Operação Avantesma. A ação teve objetivo de desarticular a quadrilha que atuava nos estados do Tocantins e Maranhão para obter benefícios previdenciários por meio de documentos fraudados em nome de indígenas da etnia Guajajara.

A PF cumpre 12 mandados de busca e apreensão na cidade de Palmas (TO) e nos municípios maranhenses de Barra do Corda, Grajaú, Imperatriz e Porto Franco. Participam da operação 39 policiais federais e 3 servidores da Assessoria de Pesquisa Estratégica e de Gerenciamento de Riscos (APEGR) do MPS. A Procuradoria da República em Araguaína (TO) acompanha a ação.

A investigação teve início após a constatação de fraude em 46 benefícios na Agência de Previdência Social (APS) de Tocantinópolis. A apuração apontou que, de posse de documentos falsos, o grupo obtinha os benefícios. Para isso, os envolvidos contavam com a ajuda de servidores do Fórum de Imperatriz e do INSS.

Estima-se que foram desviados mais de R$ 4 milhões da Previdência Social. Além disso, para cada benefício concedido, os acusados faziam empréstimo consignado, sempre no teto, causando prejuízo estimado de quase R$ 1 milhão às instituições bancárias.

Os investigados responderão pelos crimes de peculato, falsificação de documentos públicos e privados, formação de quadrilha e corrupção ativa e passiva, tendo em vista a suspeita de participação de servidores públicos no grupo. Se condenados pela Justiça, deverão ressarcir os cofres públicos.

O título Operação Avantesma faz alusão a fantasma, algo incorpóreo, que apenas possui imagem e não existe como é o caso dos requerentes dos benefícios. (Ascom/MPS)

Voltar para o topo