ATENDIMENTO: Ouro Branco, em Alagoas, recebe agência nova da Previdência

Publicado: 08/03/2013 14:35
Última modificação: 03/09/2015 14:37

Moradores eram atendidos na APS de Santana do Ipanema, a 30 km de distância

De Ouro Branco (AL)- O estado de Alagoas ganhou sua 31ª agência da Previdência Social com a inauguração, nesta sexta-feira (8), da nova unidade de Ouro Branco, distante 234 km da capital Maceió. Apesar de não integrar o Plano de Expansão da Rede de Atendimento (PEX), a APS foi construída em terreno doado pela prefeitura, cuja cessão foi aprovada pela Câmara Municipal. O ministro Garibaldi Alves Filho e o presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros, participaram da solenidade de inauguração.

“Os moradores de Ouro Branco (AL), Maravilha (AL) e Itaíba (PE) não precisarão mais se deslocar em média 30 quilômetros até Santana do Ipanema para resolver assuntos previdenciários”, explicou o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho. A nova agência conta com quatro guichês de atendimento e tem capacidade para realizar uma média de 200 atendimentos mensais.

O senador Renan Calheiros entregou o primeiro benefício liberado pela nova agência: uma aposentadoria rural para Geneci Maria da Silva.Natural do Sítio Balança – pertencente ao município de Águas Belas, em Pernambuco – Geneci trabalhou a vida inteira plantando em roçados da família. Quando o pai faleceu, ela trocou Águas Belas por Ouro Branco.

A segurada completou em 2013 a idade necessária para ter direito à aposentadoria rural. “Fiz 55 anos no dia 11 de janeiro, mas não dei entrada logo na papelada para não ter que andar até Santana. Pedi a Deus e ao meu padrinho Padre Cícero para receber o benefício na nova agência que estavam concluindo em Ouro Branco”, revelou.

APS Ouro Branco – Apesar de também estar equipada com duas salas para a realização de perícia médica, esse serviço não será oferecido inicialmente pela APS Ouro Branco. “Os segurados que necessitarem do atendimento de médico perito continuarão sendo encaminhados provisoriamente para a unidade mais próxima, a de Santana do Ipanema”, informou o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Lindolfo Neto de Oliveira Sales.

A Previdência Social investiu R$ 855.507,25 na construção da nova agência, que foi equipada dentro das normas de sinalização e acessibilidade para garantir a segurança e o conforto indispensáveis aos cidadãos que se dirigem à unidade de atendimento previdenciário. Por mês, a agência será responsável pelo pagamento de 7.292 benefícios, transferindo R$ 4.438.867,05 para a economia do município.

A nova agência vai funcionar a partir da segunda-feira (11) na Rua Coronel Lucena, s/n – Bairro Luiz Gonzaga de Carvalho. O público será atendido das 7h às 13h. O município de Ouro Branco, localizado no sertão alagoano, possui uma economia baseada na pecuária e na agricultura, principalmente voltada para o cultivo de algodão. O município leva este nome em virtude da vasta produção do algodão.

A maior parte dos trabalhadores de Ouro Branco atua no setor de produção e comercialização de alimentos, além daqueles que trabalham no meio rural, com a criação de animais. A maioria dos benefícios mantidos pela agência é de segurados da área rural, um total de 5.961, o que representa uma transferência de R$ 3.495.862,19 para o pagamento de benefícios rurais no município.

Expansão – Além da recuperação da rede existente, a Previdência Social está entregando novas agências por meio do PEX. Essas unidades estão sendo instaladas em municípios com mais de 20 mil habitantes e que ainda não contam com unidades fixas para a realização dos serviços previdenciários.

Já foram inauguradas 12 agências por meio do PEX. Essas unidades estão instaladas nos municípios de Atalaia, Campo Alegre, Igreja Nova, Craíbas, Junqueiro, Limoeiro de Anadia, São José da Tapera, São José da Laje, São Sebastião, Teotônio Vilela, Traipu e Piranhas. Ainda está previsto a entrega de mais 12 novas unidades no estado. O investimento da Previdência Social para a realização de obras de recuperação e para a construção de novas unidades em Alagoas é de R$ R$ 33.177.902,43.

Informações para a imprensa
Roberto Homem e Ligia Borges
(61)2021-5779
Ascom/MPS