OUVIDORIA: A maior ouvidoria pública do Brasil comemora 14 anos de existência

Publicado: 20/08/2012 08:59
Última modificação: 31/10/2014 15:02

Ouvidor do Ministério da Previdência destaca as conquistas alcançadas em mais de uma década

Da Redação (Brasília) – A Ouvidoria-Geral da Previdência Social (OGPS) completa 14 anos de existência nesta segunda-feira (20). Desde sua criação, em agosto de 1998, até 31 de julho de 2012, a Ouvidoria-Geral da Previdência Social recebeu 2.251.761 manifestações dos cidadãos brasileiros. Deste total, 2.202,907 foram solucionadas, o que representa 98% de resolutividade. Para o Ouvidor-Geral da Previdência Social, Francisco Mano Barreto, a grandiosidade dos números é proporcional à importância da Previdência na vida dos brasileiros.

“Estamos vivenciando um momento na Administração Pública em que a transparência é quem dita as regras, e esse é o papel fundamental da Ouvidoria: dar visibilidade às opiniões dos segurados e dar a eles um retorno sobre as questões que eles precisam”, destacou o Ouvidor.

Em 2012 (até 31/07), a OUGPS recebeu 103.492 manifestações. Desse total de manifestações cadastradas, 79,98% (82.777) são reclamações relacionadas a benefício, atendimento bancário e previdenciário, arrecadação e fiscalização.

O percentual de resolutividade das manifestações já está na média de 60% ao mês, o que significa que mais da metade dos cidadãos que cadastraram suas manifestações, receberam resposta conclusiva vinda diretamente do trabalho e das pesquisas internas realizadas pela Ouvidoria-Geral, em um prazo médio de 4,18 dias.

Um programa que começou a ser desenvolvido este ano já colabora para estes resultados positivos “Estamos enviando os servidores da Ouvidoria para as Agências e Gerências-Executivas que estão com demandas muito antigas sem resolução, tínhamos 69 mil demandas represadas e desde que o programa começou já conseguimos baixar para 49 mil”, apontou Mano Barreto.

De acordo com o Ouvidor, a meta é chegar a 2013 sem nenhuma demanda sem resolução.

O canal de atendimento mais utilizado pelo cidadão para realizar o cadastro dessas manifestações – de janeiro a julho de 2012 – foi a Central 135, com 56,84% (58.835) de manifestações cadastradas.

Para entrar em contato com a OGPS, o cidadão pode usar a Central 135 (teclando a opção 3), a internet, pode enviar sua manifestação por carta ou apresentá-la pessoalmente na sede do órgão, em Brasília.

Informações para a Imprensa:

Natália Oliveira

(61) 2021-5321