SIPREV: Alagoas e Previdência irão implantar sistema de gestão de regimes próprios no estado

Publicado: 11/04/2012 15:58
Última modificação: 31/10/2014 16:19

Agenda de trabalho deverá estar pronta até o final de abril

Da Redação (Brasília) – Até o final de abril, o Ministério da Previdência Social e o Executivo, o Legislativo e o Judiciário de Alagoas deverão assinar documento estabelecendo a agenda de trabalho conjunta para, entre outros objetivos, implantar o Sistema Previdenciário de Gestão de Regimes Públicos de Previdência Social (Siprev) naquele estado. Na manhã dessa quarta-feira (11), representantes dos poderes constituídos de Alagoas se reuniram com o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, e o secretário de Políticas de Previdência Social do MPS, Leonardo Rolim, para negociar detalhes do acordo.

“A ideia é que a agenda já seja encaminhada devidamente assinada por todos os dirigentes alagoanos na semana que vem. Quando o documento estiver assinado por todos os signatários, a implantação do Siprev será imediatamente iniciada”, declarou Leonardo Rolim. O secretário explicou que alguns dos passos para a implantação do sistema são o carregamento dos dados e a realização de um censo entre os servidores públicos do Estado de Alagoas.

O Siprev consiste em um sistema capaz de cruzar informações cadastrais, por meio de um sistema integrado, em todo o país. Assim, serviços previdenciários e cruzamentos de folhas de pagamento interestaduais ganham em agilidade e resposta em benefício do servidor público. Com o sistema é possível coletar informações sobre os servidores, validá-las e gerar um arquivo com dados de cada servidor e seus dependentes. O programa garante economia na taxa de administração dos dados por parte dos entes federativos.

O ministro Garibaldi Alves Filho destacou que o Siprev é importante, sobretudo, para os municípios menores, aqueles que enfrentam maior dificuldade para gerenciar seus recursos humanos. “Essas prefeituras não precisarão mais contratar empresas privadas para fazer a gestão dos dados dos seus servidores da ativa, aposentados e pensionistas”, declarou.

Informações para a Imprensa
Roberto Homem
(61) 2021.4180
Ascom/MPS

Voltar para o topo