RÁDIO PREVIDÊNCIA: Proteção social alcança 94,8% dos idosos partir de 65 anos

Publicado: 07/03/2012 13:33
Última modificação: 31/10/2014 16:43

Tempo de áudio – 1min28seg

Ouça o áudio

LOC/REPÓRTER: A proteção social aos idosos aumentou significativamente nos últimos anos. Hoje, dos mais de 20 milhões existentes no país, registrados pelo último Censo, 17 milhões e duzentos mil idosos são beneficiários da Previdência Social. Uma cobertura que passa dos 83% dos idosos brasileiros com mais de 60 anos. Se for considerar brasileiros com 65 anos ou mais, a cobertura previdenciária é ainda maior, chegando a quase 95%, em média. O coordenador do Departamento do Regime Geral de Previdência Social, Rogério Nagamine, explica os motivos desse crescimento.

TEC/SONORA: Coordenador do Departamento do Regime Geral da Previdência Social, Rogério Nagamine

“Primeiro, acho que o crescimento econômico sustentado com expressiva geração de empregos formais, sem dúvida nenhuma esse foi o principal fator, mas certamente as políticas de inclusão previdenciária também tiveram impacto, porque você tem um crescimento expressivo do número de contribuintes individuais que está relacionada com algumas políticas que foram feitas como, não só agora o micro empreendedor individual, mas antes você teve o Plano Simplificado, você teve a mudança na forma de recolhimento dos contribuintes individuais em 2003. Todo esse conjunto de medidas certamente favoreceu sim esse incremento expressivo”.

LOC/REPÓRTER: De acordo com o Anuário Estatístico da Previdência Social, houve um crescimento de 100% no número médio mensal de contribuintes do Regime Geral, entre o período de 2002 a 2010. De 22 milhões passou para mais de 44 milhões de contribuintes.

De Brasília, Camilla Andrade