RÁDIO PREVIDÊNCIA: Previdência ajuíza primeira ação regressiva decorrente de acidente de trânsito

Publicado: 03/11/2011 15:42
Última modificação: 03/09/2015 14:47

Tempo de áudio – 1min37seg

Ouça o áudio

LOC/ REPÓRTER: A Previdência Social ajuizou nesta quinta-feira a primeira ação regressiva em razão de acidentes de trânsito grave causados pela irresponsabilidade de motoristas. O ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, e o presidente do INSS, Mauro Hauschild, compareceram à Justiça Federal do Distrito Federal na manhã de hoje. Agora, além de ressarcir financeiramente os cofres públicos, a Previdência também desenvolve, com as ações regressivas, uma política de prevenção de acidentes de trânsito.

TEC/SONORA: Ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho.

“A Previdência estava sendo onerada também, sem que tivesse um ressarcimento. A Previdência que tanto precisa de recursos, como todos vocês sabem para fazer face aos direitos do cidadão, aos benefícios que o cidadão recebe da Previdência”

LOC/REPÓRTER: Garibaldi também acredita que a medida irá diminuir a incidência de acidentes de trânsito.

“A medida é educativa, é exemplar. É uma medida que vai realmente, nós acreditamos, causar uma redução de acidentes de trânsito provocados por motorista irresponsável e embriagado. Agora vai pensar também que a Previdência vai a sua caça e a Previdência vai puni-lo exemplarmente.”

LOC/REPÓRTER: A ação movida na Justiça Federal possui expectativa de ressarcimento superior um milhão de reais. O acidente ocasionou a morte de cinco pessoas e deixou três com lesões graves. O INSS hoje arca com as pensões por morte aos dependentes das vítimas. A previsão é que a iniciativa seja repetida em todo o país a partir de 2012.

De Brasília, Daniel Dutra