RÁDIO PREVIDÊNCIA: Secretário Leonardo Rolim fala sobre o Anuário Estatístico da Previdência Social 2010

Publicado: 25/10/2011 17:18
Última modificação: 03/09/2015 11:29

Tempo de áudio – 2min 32seg

Ouça o áudio

LOC/REPÓRTER: A 19ª edição do Anuário Estatístico da Previdência Social, divulgada nesta terça-feira, aponta que a Previdência Social atingiu 60,2 milhões de contribuintes em 2010. O número é resultado da inclusão de aproximadamente cinco milhões de novos segurados no sistema. O Anuário 2010 traz, pela primeira vez, o número de beneficiários da Previdência Social. Até 2009 os dados gerados eram apenas com relação aos benefícios. Sobre esse assunto conversamos com o Secretário de políticas de Previdência Social, Leonardo Rolim.

LOC/REPÓRTER: Como o senhor avalia o crescimento no número de contribuintes da Previdência Social em 2010?Sabemos que a Previdência Social atingiu 60,2 milhões de contribuintes.

TEC/SONORA: Secretário de Políticas de Previdência Social, Leonardo Rolim.

Isso é resultado de um conjunto de políticas de inclusão previdenciária. Isso significa que nossas políticas estão sendo bem dimensionadas e estão alcançando o objetivo, que é aumentar cada vez mais o número de trabalhadores cobertos pela Previdência e que tenham direito aos benefícios previdenciários

LOC/REPÓRTER: Através do Anuário a Previdência Social já oferece um grande número de informações para os cidadãos. Agora, a partir de 2010 mais um dado que a Previdência começa a divulgar que é o número de beneficiários do sistema e não só mais de benefícios. Como o senhor avalia o acréscimo de mais este dado?

TEC/SONORA: Secretário de Políticas de Previdência Social, Leonardo Rolim.

O anuário é uma publicação muito densa e que traz informações importantes para a população, para os pesquisadores sobre a Previdência no Brasil. É um elemento muito importante para a formulação das nossas políticas para que cada vez mais a Previdência chegue ao cidadão brasileiro e atinja o seu objetivo que é dar proteção ao trabalhador e a sua família. Sem dúvida era importante deixar claro o universo total de pessoas que estão cobertas pela Previdência.

LOC/REPÓRTER: Qual a leitura que o senhor faz sobre a presença, em 2010, da faixa etária de pessoas com 70 anos ou mais, nos cinco grupos etários com maior taxa média de crescimento?

TEC/SONORA: Secretário de Políticas de Previdência Social, Leonardo Rolim.

Isso é conseqüência de um processo de mudança do perfil etário da população brasileira. Nós temos cada vez mais um número maior de pessoas idosas, junto com isso temos o aumento da expectativa de vida, bem como a qualidade de vida do brasileiro. Ao aumentar o número de idosos, com maior qualidade de vida, é de se esperar que tenhamos um número maior de pessoas também no mercado de trabalho. É bom deixar claro que embora em termos percentuais tenha crescido muito em números absolutos ainda é uma proporção pequena.

De Brasília, Natália Oliveira

Voltar para o topo