Líderes comunitários participam de curso sobre a Previdência Social

Publicado: 27/11/2000 16:53
Última modificação: 03/09/2015 11:14

Padres, sindicalistas, membros de ONG também assistem às aulas

Da Redação (Brasília) – Líderes comunitários de favelas ligados ao Movimento Viva Rio, padres, membros de organizações não-governamentais e sindicalistas são apenas alguns dos 65 participantes do Curso Formadores em Previdência Social, que começou hoje e vai até esta sexta-feira (1º/12), no Rio de Janeiro. O curso, promovido pelo Ministério da Previdência e Assistência Social em parceria com a Fundação Anasps (Funprev) e a Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) tem o objetivo de transformar membros da sociedade organizada em agentes multiplicadores das ações da Previdência Social.

“Cada um dos participantes poderá atuar do seu modo na conscientização dos trabalhadores em relação à importância da Previdência Social. Um padre, por exemplo, comprometeu-se a fazer um sermão em sua paróquia sobre o tema”, diz o secretário de Previdência Social, Vinícius Pinheiro. O secretário fez a primeira palestra, abrindo o curso esta manhã. Atualmente, 38 milhões de pessoas estão fora do sistema previdenciário. Elas correm o risco de, na velhice, dependerem da caridade de parentes e amigos para sobreviverem. “É preciso que essas pessoas saibam mais sobre a Previdência para que possam passar esse conhecimento para frente e, conseqüentemente, ajudar na ampliação da proteção social”, lembra o secretário.

Além de Pinheiro, estão ministrando o curso o diretor do Regime Geral da Secretaria, Geraldo Arruda, e o coordenador de Legislação e Normas do Ministério, João Donadon. O mesmo curso foi realizado semana passada, em Brasília.

Voltar para o topo